Thiago Gagliasso encerra turnê no Rio - Divulgação
Thiago Gagliasso encerra turnê no RioDivulgação
Por BRUNNA CONDINI

Rio - Thiago Gagliasso encerra a turnê da divertida 'Um Quase Gagliasso' hoje, às 20h, no palco da Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema. O ator leva para o palco um ponto de vista diferente sobre o mercado artístico e mostra como funcionam os bastidores do meio para quem carrega um sobrenome de peso.

"A peça mostra a história de um ator em início de carreira, que trabalhou por dez anos no mercado da TV e migrou para o publicitário e de entretenimento, compartilhando histórias e situações inusitadas vividas no meio artístico e nos bastidores", conta Thiago, sobre o texto baseado em sua história e escrito por ele.

Após temporada de dois meses, ele se diz satisfeito com a peça que marca seu retorno à carreira de ator.

"Foi surpreendente e muito gratificante poder lotar o teatro. E ter na plateia amigos de quem também sou fã, como Neymar e a Bruna (Marquezine)", diz. "E o mais importante, ter conquistado a confiança do meu irmão, um resgate da minha credibilidade com ele. Produzi, escrevi e atuei, me dediquei, e a resposta não poderia ter sido melhor. Ainda falta muita coisa para o sucesso, mas foi um ótimo recomeço", vibra.

Trajetória

O ator de 28 anos começou a carreira em 2007, como protagonista da novela 'Luz do Sol', da Record. De lá pra cá, participou de alguns trabalhos em TV e teatro, até que em 2013 começou a trabalhar com grandes eventos. Com a experiência como diretor de entretenimento e relações públicas, foi chamado em 2016 para trabalhar na escola de samba Beija-Flor de Nilópolis. Mas o DNA artístico falou mais alto, e Thiago arregaçou as mangas para voltar aos palcos. Tudo com o apoio do irmão, Bruno.

"Ele se surpreendeu, não com o meu desempenho, porque nunca duvidou de mim artisticamente. Na verdade, ele sempre acreditou no meu potencial, só não acreditava na minha dedicação, disciplina pra fazer isso acontecer na prática", analisa. "Ele é um ator muito comprometido, e eu nunca fui. Isso deixava ele desacreditado. Afinal, não basta apenas você ter talento, tem que ter comprometimento também", completa.

Agora, Thiago planeja partir em turnê com a peça e amadurecer o texto, com a experiência recente. "Vou estudar mais os tempos, o texto, as piadas. Depois da Copa, no segundo semestre, quero viajar o Brasil com ela. Já fizemos Curitiba e temos agendado fazer Salvador e interior de São Paulo. Ainda tem muita coisa pra aprender e crescer com esse espetáculo", garante.

Ele revela que a experiência como autor também será repetida. "Vou continuar escrevendo, gostei muito. Foi a parte mais prazerosa. Atuar ainda estou tirando a ferrugem", diverte-se.

Você pode gostar
Comentários