Coluna vinho - .
Coluna vinho.
Por

Dia 29 foi dia de São Pedro, o santo que é tudo: pescador, ex-pecador, nome de vinho caríssimo, fundador da Igreja Católica, primeiro papa e chave de ouro das festas juninas. Nasceu em um vilarejo da Galileia e nos primeiros anos era um moço como tantos, do seu tempo pescador e pecador até que foi convocado por João Evangelista para fazer parte do grupo mais próximo de seguidores de Cristo. E tornou-se um dos apóstolos preferidos por Jesus, que admirava sua liderança firme e lhe deu o nome de Petrus, que significa pedra, rocha. Jesus (lhe) teria dito: "És Petrus! E sobre esta rocha construirei minha Igreja". Mas a sua proximidade com Cristo e os católicos exasperou o Imperador, Nero, que ordenou a sua execução. Até aí, nenhuma surpresa, para quem tacou fogo em Roma e tentou matar a própria mãe. A surpresa veio do pedido de Pedro: ele queria (e foi atendido) ser crucificado de cabeça para baixo, por se julgar indigno de morrer na mesma posição de Cristo. Morreu com 64 anos (muitos anos depois de Cristo) e o seu túmulo encontra-se sob o altar central da Basílica que leva o seu nome. Virou santo. São Pedro é padroeiro dos pescadores e daí o seu dia ser comemorado em alto-mar. Na umbanda, São Pedro é Xangô-Alufam (o que encaminha os desencarnados). Na cabala é o nº 4 e comanda também o nosso único chacra nas nossas costas, o sétimo chacra: kundallini. Planeta: Mercúrio. E hoje também é dia de São Paulo. Que os dois nos protejam!

Você pode gostar
Comentários