Vinho e etc: Nem tudo acaba em pizza

Todo dia 10 de julho comemora-se o Dia da Pizza

Por

Coluna Vinho & etc -  Pizza margherita
Coluna Vinho & etc - Pizza margherita -

Todo 10 de julho comemora-se o Dia da Pizza. A original, a autêntica napolitana é composta de um disco de massa de farinha de trigo fermentada e assada em forno à lenha, coberto com molho de tomate, algum tipo de queijo e manjericão em cima, com as bordas.

Hoje há centenas de variações, a começar pelas pizzas doces, as sem glúten nem lactose, as de chocolate e... pela pizza cozida em 3D, um projeto da Nasa para astronautas. Mas de vez em quando elas frequentam palácios! A primeira, segundo o colunista paulista Dias Lopes foi em 1889, quando os reis da Itália Umberto I e sua mulher, Margherita, foram visitar Nápoles e quiseram provar esse prato famoso.

Mas como não ficava bem para nobres irem à uma pizzaria, um pizzaiolo bajulador preparou a pizza com mozzarella, tomate e manjericão, ingredientes que formam as cores da bandeira italiana! Outra curiosidade: o site hridiomas localiza a expressão "e tudo acabou em pizza" na linguagem do futebol, por conta do seguinte episódio.

Na década de 60, alguns cartolas do Palmeiras se reuniram para resolver problemas do clube e passaram 14h seguidas trancados numa sala, discutindo; por fim, exaustos e famintos foram à pizzaria mais próxima e pediram 18 pizzas gigantes e muito chope. Claro que as brigas e altercações cederam lugar a gargalhadas, tapinhas no ombro e demonstrações de grande camaradagem. O repórter Milton Peruzzi, da 'Gazeta Esportiva', cravou no dia seguinte: "crise no Palmeiras acaba em pizza!". E a expressão pegou. Pizza é gostosa, mas não exagerem: engorda!

Comentários

Últimas de Diversão