Gabily e Nego do Borel, e a capa do single de 'Pega Pega' (acima):
Gabily e Nego do Borel, e a capa do single de 'Pega Pega' (acima): "Nego é personagem e ator", diz elaDivulgação
Por RICARDO SCHOTT

Rio - Com vários singles disponíveis em plataforma de streaming, além de um EP, a carioca Gabily ainda não tem um álbum gravado. É uma questão de tempo. "Não penso nisso agora, mas mais para a frente a gente pode trabalhar em algo mais conceitual", conta ela, que acaba de soltar 'Pega Pega', gravada com Nego do Borel, que ganhou até clipe.

A música nova vem numa época em que ela está assumindo sua cara mais funkeira. "Antes meu show era muito pop, tinha muita música pop romântica. Dei uma repaginada quando gravei 'Toma' e fiz um show mais voltado para o funk, abrangendo o público do pop. Ficou um show com mais cara de rua", conta, citando o single que lançou em maio, com participação do MC WM.

FUNK BREGA?

'Pega Pega' vem num estilo "brega funk", que une características de forró e batidão. "Wesley Safadão tem um pouco disso, MC Bruninho. E tem tudo a ver com o Nego do Borel. Pensei nele justamente por causa de 'Você Partiu Meu Coração' (que ele gravou com Anitta e Safadão)", conta a menina, que já dividiu o empresário com Nego. Gabily adorou o clipe de 'Me Solta', que ele lançou - e no qual Nego aparece beijando um ator.

"Ele é um personagem, é ator, é cantor, faz tudo muito bem colocado. O clipe dele tem a cara da favela, da comunidade, e foi bem legal que ele tenha levantado algumas baandeiras. Não concordei com o que algumas pessoas falaram do clipe, mas cada um que decida o que acha", afirma.

ATRIZ

Gabily já apareceu dando uma atuada de leve no clipe de 'Deixa Rolar', com o cantor Mika. "Rolaram uns beijos técnicos no clipe", conta. "E eu gosto de atuar, me identifico muito com isso e é algo que eu adoraria fazer".

Gabily já tinha gravado um CD gospel aos dez anos e iniciou sua carreira de fato ao comemorar seu aniversário de 18 anos num show do grupo Tá Na Mente: cantou com eles no palco e teve sua performance gravada por um amigo, e jogada no YouTube. "Ainda tenho contato com a turma do Tá Na Mente, do Nosso Sentimento, Imaginassamba, com o Chininha. Eles torcem por mim e me dão conselhos", conta.

Você pode gostar
Comentários