Projota lança novo single e clipe; ao lado, com Sidney Santiago e Manuela Tavares
 - Divulgação
Projota lança novo single e clipe; ao lado, com Sidney Santiago e Manuela Tavares Divulgação
Por RICARDO SCHOTT

Ouça a música, veja o filme e assista ao programa de TV: essa é a pegada atual de Projota. O rapper lançou na sexta o single-clipe 'A Voz e o Violão' e retomou a pegada romântica, abandonada nas músicas imediatamente anteriores, 'Mayday' e 'Sr. Presidente', ambas com letras de protesto. Ele se prepara também para chegar aos cinemas, com uma participação no filme 'Sequestro Relâmpago', de Tata Amaral. E está também na série 'Carcereiros', da Rede Globo, na qual interpreta um presidiário chamado Tuinho, presente a partir do segundo episódio.

O teste para 'Carcereiros', ele classifica como "a primeira vez que brinquei de atuar na vida".

"Confesso que eu sempre tive vontade de atuar, mas eu não sabia se tinha capacidade. Na família, a minha mãe foi atriz e cantora. Eu pensava: 'Será que eu também tenho essa veia para atuação?'", conta o rapper, que ainda fez a música de abertura da série, 'Cadeia'. Já na participação do filme, ele contracena com Marina Ruy Barbosa. "Até aprendi a dançar forró para este trabalho".

ECLÉTICO

Projota, mesmo quando fala de amor, fala de independência feminina (em canções como 'Ela Só Quer Paz'). Unir assuntos em discos ou em uma mesma faixa é algo comum para ele. "Me considero eclético: falo sobre amor, política, amizade, superação. Recentemente, fiz músicas com um viés mais politizado. E meus fãs começaram a cobrar a romântica", conta ele, acreditando que músicas de protesto são "um movimento a favor da democracia. Eu não sou especialista em política, mas eu entendo de ter dificuldades. São canções que chocam, mas mostram um pouco da realidade".

Já 'A Voz e o Violão', ele fez para sua noiva, Tammy Contro. "Ela retrata muito do bom momento que eu estou vivendo", conta o rapper, que por acaso se aventura nas seis cordas desde os 11 anos. "Aprendi sozinho, vendo revistas de cifras. Nunca me aprofundei, acabei com um conhecimento raso, mas o suficiente pra me ajudar nas composições. Não toco outros instrumentos, só utilizo o teclado com produções musicais".

NA PRAIA

E o clipe? 'A Voz e o Violão' foi gravado na praia de Peruíbe, litoral paulista, e em um parque de diversões da área, com os atores Sidney Santiago e Manuela Tavares interpretando um casal apaixonado. "As locações eram fantásticas, o clima estava perfeito, porque a gente queria um tempo mais chuvoso, fechado. Deu tudo certo", explica o rapper.

Você pode gostar
Comentários