Internautas relatam manifestações homofóbicas em sessão de 'Bohemian Rhapsody'

Surpreendentemente, algumas pessoas pareciam não saber que Freddie Mercury era bissexual e deixaram a sala de cinema ao ver um beijo entre dois homens

Por O Dia

Cena do filme 'Bohemian Rhapsody'
Cena do filme 'Bohemian Rhapsody' -

Rio - O filme "Bohemian Rhapsody", cinebiografia de Freddie Mercury, vocalista do Queen, está fazendo o maior sucesso desde sua estreia nas salas de cinema, que aconteceu no dia 1º de novembro.

No entanto, internautas relataram no Twitter que algumas pessoas em diversas sessões de exibição do longa se mostraram incomodadas com as cenas românticas entre dois homens. 

Freddie Mercury era bissexual e, no filme, aparece se relacionando tanto com homens quanto com mulheres. Há relatos de vaias, ofensas e até de pessoas que deixaram as salas de cinema. 

"Que doidera ler que teve gente em sessão de ‘Bohemian Rhapsody’ vaiando quando tinha cena de flerte/beijo LGBT. Os caras foram para o cinema assistir um filme sobre o FREDDIE MERCURY esperando O QUE exatamente?", questionou uma pessoa no Twitter. 

"Na sessão que a minha mãe foi gritaram 'Bolsonaro vai pegar vocês' na cena do beijo. O pior de tudo é que todo mundo riu", afirmou outra pessoa.

Últimas de Diversão