Feira Crespa festeja seu quarto aniversário na Pavuna neste domingo - Divulgação
Feira Crespa festeja seu quarto aniversário na Pavuna neste domingoDivulgação
Por gabriel sobreira | [email protected]

Rio - Destinada à valorização da mulher que se identifica como negra, a Feira Crespa comemora neste domingo seu aniversário de quatro anos. O evento de resistência, que vai lembrar o centenário de Nelson Mandela, acontece na Arena Jovelina Pérola Negra, na Pavuna, e reúne arte, empreendedorismo e debate.

A feira conta com desfile de moda, oficina de dança urbana (ministrada por Gabriel Rangel), exposição de poesias de Tiago Dias, da Bxd, intervenção cultural do Grupo Vozes da África, shows com a Banda Syntonos, MC Espanhol e uma atração surpresa.

"Essa é uma ação de afirmativa, que tem por objetivo empoderar a mulher negra. Através da estética, do cabelo, da beleza, chegamos ao interior e o autoconhecimento. Além de um mercado de vendas, é um local de troca, arte, empreendedorismo e debate, que visam fortalecer o centro das famílias no Brasil: a mulher", afirma Elaine Rosa, organizadora do evento.

Na mesa de debates, o tema é 'Mandela 100 Anos, A Luta por Igualdade Continua: Rio de Janeiro, onde Racismo e Cidade Confundem seus Limites'. Segundo a organização, o assunto alimenta a discussão sobre política de Segurança Pública, racismo e cidadania. Durante o evento, rola o som da DJ Rainha Crespa e seu convidado. Há espaço para atividades infantis.

Serviço 

Arena Carioca Jovelina Pérola Negra. Praça Ênio s/nº, Pavuna (2886-3889 ou [email protected]). Domingo, a partir das 15h. Entrada colaborativa (cada um dá aquilo que acha justo).

Você pode gostar
Comentários