'A falta de conteúdo é geral', diz Fausto Silva

Apresentador diz que não pensa em aposentadoria, comenta a possibilidade de seus filhos serem seus sucessores e afirma que segredo do 'Domingão' é a verdade e a mistura de estilos

Por Gabriel Sobreira

Sandra Annenberg (Jornalismo)
Sandra Annenberg (Jornalismo) -

Rio - Em 2019, o 'Domingão do Faustão', da Globo, completa 30 anos no ar. Aos 68 anos, o apresentador Fausto Silva diz que quase nem acredita. E que vai tentar conseguir mais dois ou três anos ainda no ar. "Para pagar as contas e não perder o pique", brinca, rechaçando a ideia de se aposentar. "Até porque não posso. Tenho filho pequeno, uma pilha de carnê, não tem como", provoca, com bom humor.

SUCESSORES

Pai de Lara, de 20 anos, João Guilherme, de 14, e Rodrigo, 10, Fausto garante não saber se os herdeiros pegarão seu bastão para assumir o comando de algum programa de TV. "Gostaria, sempre é bom. Mas só se eles tiverem vontade e juízo, e se quiserem. Não vou ficar com essa coisa de 'só porque é filho, põe aí'. Porque aí é pior. Se o cara não tiver muita consciência, acaba se expondo demais. E depois ele vai ver como é a cobrança", avalia o pai zeloso.

Teria um sucessor na TV? "Tem um monte de gente aí", diz, sem entrar em detalhes.

'MELHORES DO ANO'

No último domingo foi realizada a 23ª edição do 'Troféu Domingão - Melhores do Ano', do 'Domingão do Faustão', e o comunicador faz um balanço do prêmio. "O legal dele é a mistura de estilos, de gerações, quando você mostra para todo mundo essa confraternização sincera. Não é uma coisa falsa, o Brasil está cheio de coisa falsa. Aqui é de verdade, eu percebo isso. Porque se fosse o contrário, eu seria o primeiro a bagunçar", entrega, aos risos.

30 ANOS

Para o apresentador da Globo, o 'Domingão' é como um supermercado. "É para todas as idades, classes, sexos. Tem que fazer atração para todo mundo. É difícil. Não é um programa específico, segmentado. Esse é o desafio", confessa ele, que sempre busca novidades para a atração. Quando questionado sobre os destaques para o próximo ano, Faustão antecipa: "O que a gente vai mostrar é que nessa história de 30 anos, a primeira competição de comida foi aqui. Várias coisas, fizemos há 30 anos. Isso mostra que a história acaba se repetindo. Tem muita emoção, muita coisa para contar. E principalmente recordar esses quadros vitoriosos ('Dança dos Famosos', 'Show dos Famosos' e 'Ding Dong', entre outros) e a competição que envolve todo mundo".

DESAFIOS DA TV

Com 34 anos de carreira só como apresentador, Fausto prevê que o principal desafio da TV é fazer como nos Estados Unidos, onde, segundo ele, a televisão está com mais audiência e mais conteúdo ao vivo, seja no esporte, no jornalismo ou em programas populares. "Até porque a falta de conteúdo é geral. Se você observar, falta tentar fazer as coisas. Todo mundo acha que não vai dar certo, e não faz. Em qualquer profissão, se você não tiver criatividade e não tiver ousadia, você acaba não se testando para saber se vai dar certo ou não", afirma.

SUCESSO

O comunicador diz que a receita do seu sucesso tanto de público/audiência quanto de anunciantes é basicamente pautada em dois pilares: juízo e coerência. Segundo ele, isso acontece quando o profissional tem credibilidade e vai por um caminho que acredita. "Quando você vai atrás da audiência a qualquer custo e olha que muita gente faz isso , você acaba só tendo algum sucesso no começo. Esse tipo de audiência é o chamado 'efeito doce de leite': você come muito depois enjoa".

E Faustão emenda: "Tem outro problema. O anunciante de bom nível não vai entrar em um programa que não tenha bom nível. Para ele, é péssimo colocar a publicidade da empresa dele em um programa de nível ruim", justifica. Para o apresentador, existe ainda outra explicação para seu sucesso e o da atração: tanto ele quanto a Globo mostram que possuem programação versátil e estão sempre insatisfeitos. "Por isso, a gente sempre fala que é 'renovação constante e satisfação permanente'. É o segredo de qualquer profissão e atividade", ensina.

Galeria de Fotos

Sandra Annenberg (Jornalismo) Reprodução
'Largado às Traças', de Zé Neto e Cristiano (Música do Ano) Reprodução
Fausto Silva homenageia Adriana Esteves, Marieta Severo e Fernanda Montenegro Victor Pollak/TV Globo
Giovanna Antonelli (Atriz de Novela) Reprodução
Davi Queiroz (Ator/Atriz Mirim) Reprodução
Sérgio Guizé (Ator de Novela) Reprodução
Luis Lobianco (Ator Revelação) Reprodução
Chay Suede (Ator Coadjuvante) Reprodução
Bella Piero (Atriz Revelação) Reprodução
Patrícia Pillar (Atriz de Série) Reprodução
Fausto Silva nos bastidores do 'Domingão do Faustão' Reprodução
Alexandre Nero (Ator de Série) Reprodução
Luan Santana (Cantor) Reprodução
Anita (Cantora) Reprodução
Eduardo Sterblitch (Comédia) Reprodução
Letícia Colin (Atriz Coadjuvante) Reprodução
Fausto Silva nos bastidores da 23ª edição do prêmio 'Melhores do Ano', do 'Domingão do Faustão' Selmy Yassuda/TV Globo

Comentários

Últimas de Diversão