'Hoje tenho medo de tudo', diz Alexandre Nero

Aos 48 anos, ator se emociona ao falar dos filhos, comenta a rotina de pai e as filmagens do longa '4x4'

Por Gabriel Sobreira

Alexandre Nero
Alexandre Nero -

Rio - A vida de Alexandre Nero, 48 anos, mudou completamente desde que ele se tornou pai de dois meninos, Noá, de 3 anos, e Inã, de 3 meses, frutos do casamento com a consultora de moda Karen Brusttolin. Antes, quando não tinha filhos, segundo o próprio ator, ele podia se virar de qualquer jeito. Agora o buraco é bem mais embaixo. Nero tem outras vidas em jogo. "Eu não tinha medo de nada. Hoje, tenho medo de tudo. Tenho medo de acontecer alguma coisa com meus filhos, de acontecer alguma coisa comigo, que influencia neles", explica o ator, que roda o filme '4x4', em São Paulo, ainda sem previsão de estreia.

PAIZÃO

A chegada do caçula na família mexeu ainda mais com o ator. "Estou ficando careca de tanta preocupação", brinca ele que, por ser pai de dois meninos, diz que a barra é mais pesada. "Enquanto a menina fica lá brincando de boneca, o menino está procurando fogo, uma coisa pontiaguda, qualquer coisa que exploda, ele quer arrumar confusão. Você fica 24h em cima, e ele quer quebrar alguma coisa. Parece que quer se machucar. A gente fica desesperado", diz Nero, em relação ao primogênito. "O outro é bebê ainda, por enquanto está só fazendo cocô e mamando. É só o que ele sabe fazer", acrescenta.

FILHOS

Ainda sobre os herdeiros, Alexandre conta que o filho mais velho está viciado em dinossauros. E cabe aos pais do pequeno inventar situações e locais para colocar os animais pré-históricos. "É uma delícia. Eu sou apaixonado. É difícil conseguir eu falar do meu filho sem me emocionar, sem dar um nó na garganta. E agora o segundo, que é um amor que está crescendo ainda", confessa o curitibano. "O pai, acho que é mais distante nessa situação de relação afetiva porque como a mãe gera o bebê, ela já é completamente apaixonada pelo filho. O pai é uma descoberta, estou descobrindo o meu segundo filho", fala, encantado.

CARECA

Atualmente ostentando o visual careca, Nero diz que só tinha raspado antes na época da faculdade. E que nem tem imagens dessa fase. Para ele, é muito esquisito ficar sem cabelo. "Primeiro tem a sensação de ter uma coisa no corpo que você nunca tinha tocado. Parece que aquilo (careca) não faz parte do teu corpo. E tem a sensação de que parece que a cabeça está crescendo (risos) o tempo inteiro. Olho para o espelho parece que a cabeça está grande, imensa. É essa a sensação, terrível", diverte-se ele, que se livrou dos fios para o filme '4x4', dirigido por João Wainer.

"Não posso falar muito. O meu personagem é um homem em tratamento contra o câncer e tem o carro roubado. O Chay (Suede) vive o ladrão, e o meu personagem o tranca no veículo e o tortura por dias", explica o ator, que está bem empolgado com o projeto.

"O carro foi todo serrado para as gravações, para a câmera poder entrar. Mas a situação é claustrofóbica para quem assiste e é um filme dificílimo de fazer para ficar interessante para as pessoas. O roteiro é maravilhoso, é argentino, inclusive do roteiro de 'Cidadão Ilustre', filme que foi indicado ao Oscar. Estamos orgulhosíssimos. Acho que vai ser um filme brilhante", aposta o ator.

Comentários

Últimas de Diversão