Aranha revela seu segredo

Em 'O Sétimo Guardião', médico diz que é estéril e leva tapa da mulher

Por O Dia

O tempo vai fechar na casa da família Aranha em 'O Sétimo Guardião', a partir do dia 22. O médico José Aranha (Paulo Rocha) vai revelar para a mulher, Stela (Vanessa Giácomo), que ele é estéril e que esses anos todos falsificou os exames da companheira para que ela acreditasse que não conseguia ter filhos. Inconformada, a mulher parte para cima do marido e lhe enche de tapas.

Tudo começa quando Stela abre o coração sobre o quanto foi difícil para ela o sumiço da mãe, e que por causa disso desenvolveu depressão e alcoolismo. O doutor ficará tocado com o desabafo da companheira. Nesse momento, Mirtes (Elizabeth Savala) chega e começa o seu passatempo favorito: alfinetar a nora. A beata diz que Stela é o problema da família, já que nesses anos todos não conseguiu engravidar. Contudo, Aranha já está no limite e explode ao fazer uma revelação para as duas.

"Não tem nada de errado com Stela, eu é que tenho um problema. Sou eu o estéril nessa família! Eu forjei os exames! Porque tinha vergonha de confessar isso que agora faço. Não é você que não pode ter filhos, Stela. Sou eu! Eu é que sou a fruta podre nessa família", desabafa.

O médico alega que fez tudo por amor. Ele afirma que não contou antes o segredo porque tinha medo de ser abandonado por Stela. Ele chora, e a mulher fica confusa. Stela não entende como ele pode ser estéril se ela chegou a engravidar do marido e até sofreu um aborto espontâneo, já que ela nunca o traiu.

"Eu que manipulei tudo! Você teve atraso no ciclo, é verdade, mas... A gravidez nunca existiu, nem o aborto de poucas semanas. Quando o ciclo regulou, te aconselhei a fazer exames e, quando descobri os resultados, inventei a perda da gravidez", esclarece Aranha, cheio de culpa.

Não demora muito para a calma da mulher dar lugar ao sentimento de ira. "Por amor? Amor em relação a mim é que não foi. Só se foi por amor próprio, egoísmo, pra tirar o problema do seu colo e jogar ele aqui ó...", bate ela no próprio ventre.

O médico conta que teve medo de perder a mulher, já que ela sempre quis ter um filho. "Deus sabe quantas vezes pensei em contar a verdade ao longo desses anos, pensei em adoção, busquei todo tipo de tratamento com colegas da área, lá no hospital de Greenville, mas cadê a coragem pra assumir meu erro? Eu já o havia cometido, era sem volta", diz Aranha.

Aranha (Paulo Rocha) conta que falsificou exames de gravidez da mulher -

O tempo vai fechar na casa da família Aranha em 'O Sétimo Guardião', a partir do dia 22. O médico José Aranha (Paulo Rocha) vai revelar para a mulher, Stela (Vanessa Giácomo), que ele é estéril e que esses anos todos falsificou os exames da companheira para que ela acreditasse que não conseguia ter filhos. Inconformada, a mulher parte para cima do marido e lhe enche de tapas.

Tudo começa quando Stela abre o coração sobre o quanto foi difícil para ela o sumiço da mãe, e que por causa disso desenvolveu depressão e alcoolismo. O doutor ficará tocado com o desabafo da companheira. Nesse momento, Mirtes (Elizabeth Savala) chega e começa o seu passatempo favorito: alfinetar a nora. A beata diz que Stela é o problema da família, já que nesses anos todos não conseguiu engravidar. Contudo, Aranha já está no limite e explode ao fazer uma revelação para as duas.

"Não tem nada de errado com Stela, eu é que tenho um problema. Sou eu o estéril nessa família! Eu forjei os exames! Porque tinha vergonha de confessar isso que agora faço. Não é você que não pode ter filhos, Stela. Sou eu! Eu é que sou a fruta podre nessa família", desabafa.

O médico alega que fez tudo por amor. Ele afirma que não contou antes o segredo porque tinha medo de ser abandonado por Stela. Ele chora, e a mulher fica confusa. Stela não entende como ele pode ser estéril se ela chegou a engravidar do marido e até sofreu um aborto espontâneo, já que ela nunca o traiu.

"Eu que manipulei tudo! Você teve atraso no ciclo, é verdade, mas... A gravidez nunca existiu, nem o aborto de poucas semanas. Quando o ciclo regulou, te aconselhei a fazer exames e, quando descobri os resultados, inventei a perda da gravidez", esclarece Aranha, cheio de culpa.

Não demora muito para a calma da mulher dar lugar ao sentimento de ira. "Por amor? Amor em relação a mim é que não foi. Só se foi por amor próprio, egoísmo, pra tirar o problema do seu colo e jogar ele aqui ó...", bate ela no próprio ventre.

O médico conta que teve medo de perder a mulher, já que ela sempre quis ter um filho. "Deus sabe quantas vezes pensei em contar a verdade ao longo desses anos, pensei em adoção, busquei todo tipo de tratamento com colegas da área, lá no hospital de Greenville, mas cadê a coragem pra assumir meu erro? Eu já o havia cometido, era sem volta", diz Aranha.

Comentários