Noite de eliminação no 'BBB'

Familiares e amigos de Rodrigo, Tereza e Maycon defendem a permanência deles no jogo

Por Gabriel Sobreira

Maycon e Tereza fazem selfie; 
à esq., Rodrigo
Maycon e Tereza fazem selfie; à esq., Rodrigo -

Rio - Quem vai sair hoje à noite no quinto paredão do 'Big Brother Brasil'? Maycon (indicado pelos líderes Danrley e Elana), Tereza ou Rodrigo (os mais votados pela casa)? Amigos e familiares saem na defesa dos participantes, que também justificam por que devem permanecer na casa. Para Lorenzo Firmino, amigo há mais de dez anos de Maycon, o mineiro é verdadeiro o tempo todo. "Ele é o mais carinhoso, é do bem. Os outros participantes não são verdadeiros", conta ele, que gostaria que Rodrigo fosse eliminado porque uma vez votou no Maycon. "Os dois foram se afastando", explica Firmino.

Segundo Fábio França, irmão de Rodrigo, a permanência do brother é "extremamente necessária para o Brasil e a sociedade brasileira". "Em relação a tudo que é discutido, por colocar o povo brasileiro para reflexão. O quanto somos injustos, o quanto a grande maioria é racista, machista. O Rodrigo representa de fato uma parcela do povo brasileiro que infelizmente vive à margem da sociedade. O Rodrigo é exemplo, referência, é a base da sociedade que quer mudança e precisa de mudança", defende França.

David Souza, filho de Tereza, diz que a mãe até agora foi verdadeira com os sentimentos dela e com todos na casa. "Ela é uma mulher guerreira, nordestina, lutou para estar na casa. Tem todos os méritos e atributos para estar lá. Acho que ela está sendo emotiva até demais, no lugar dela eu jogaria mais", avalia.

No momento Raio-X, os brothers e a sister explicaram as razões pelas quais devem permanecer na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. "É um jogo difícil, de muitas emoções. Lutei para estar nele e quero permanecer ainda mais tempo nessa brincadeira", afirma a psicanalista.

"Quero muito que o público me deixe continuar aqui, chegar à final e ganhar", diz o mineiro Maycon. Já Rodrigo também não quer sair da casa e pede para continuar no 'BBB'. "Em quatro semanas já deu para ver que jogo limpo e vou continuar assim, prezando o que valorizo: a dignidade e a honestidade", destaca.

Comentários