Bianca Gismonti homenageia o pai no Rio Montreux Jazz Festival

O percussionista porto-riquenho Frank Cólon será o convidado especial da noite

Por O Dia, O Dia

Bianca Gismonti Trio fará show em homenagem a Egberto Gismonti
Bianca Gismonti Trio fará show em homenagem a Egberto Gismonti -
Rio - Fazendo parte da estreia no Rio do Montreux Jazz Festival, o Bianca Gismonti Trio sobe no palco Pixinguinha (Parque Madureira) no dia 07 de junho (sexta) para homenagear os 70 anos de Egberto, em apresentação gratuita. No repertório do show-homenagem “Gismonti 70” ela reuniu muitas composições de seu pai que marcaram a sua história, além de músicas próprias em homenagem a ele. Clássicos como "Palhaço", "Maracatu", "Água e Vinho" e "Lôro" estão no repertório.

A participação especial ficará a cargo de Frank Colón, percussionista porto-riquenho, que viveu nos Estados Unidos, onde tocou com grandes nomes do jazz, como Aretha Franklin, Wayne Shorter, Herbie Hancock e Tânia Maria.

Durante a carreira de Bianca, aliado às suas próprias composições, o repertório de Egberto seguiu fazendo parte de sua alma, estando sempre presente, de alguma forma, em seus shows.

Em 2018 ‘Gismonti 70’ viajou por Europa e Japão, passando pelas cidades de Budapeste, Porto, Kobe e Shiga. Na capital húngara, pelo selo Hunnia Records, o Trio gravou ‘Gismonti 70’, que chega ao formato álbum ano que vem.

História

Desde muito jovem Bianca, assistia aos shows do pai, ao lado de sua mãe - a atriz Rejane Medeiros - e de seu irmão - o violonista Alexandre Gismonti. Sua casa era repleta de influências musicais e convívio com dezenas de artistas. Aos 9 anos, pediu para começar os estudos de piano. Já aos 15, iniciou sua carreira musical acompanhando o seu pai, durante muitos anos em palcos pelo mundo. Os estudos de piano seguiram na UFRJ e, em 2005, iniciou seu trabalho com o Duo Gisbranco (duo de pianos com Claudia Castelo Branco), que possui três discos gravados e um DVD produzido pelo Canal Brasil, aliado a parcerias junto a músicos como Chico César, Jaques Morelenbaum e Mônica Salmaso.

Em todos esses anos, a composição seguiu como um caminho natural, e, em 2013, gravou seu primeiro álbum autoral, "Sonhos de Nascimento" (Biscoito Fino), o qual teve a participação de Naná Vasconcelos. Com este disco, realizou turnês internacionais que percorreram Europa, Ásia e América do Sul.

Ao final de 2015 foi lançado o seu segundo disco autoral, "Primeiro céu" (Fina Flor), com a formação de Trio ao lado de seu marido (também coprodutor) Julio Falavigna, na bateria, e Antonio Porto, no baixo. Em 2016, o Trio teve o disco lançado pela Quinton Records (Áustria) e Impartment Records (Japão), o estreando durante uma nova turnê pela Europa, África e Ásia.

O álbum mais recente do Trio, ‘Desvelando mares’ (Hunnia Records), foi lançado no começo de 2019.

Serviço

Bianca Gismonti Trio em "Gismonti 70" - Uma homenagem aos 70 anos de Egberto Gismonti

Bianca Gismonti, piano

Julio Falavigna, bateria

Antonio Porto, baixo

Convidado: Frank Colón

Palco Pixinguinha – Parque Madureira

07 de junho – sexta-feira, 19h

Comentários