Junno Andrade se declara e fala sobre o relacionamento com Xuxa

Ele ainda comentou sobre mais uma temporada como apresentador do Dancing Brasil e mais. Confira!

Por Isabelle Rosa

Juno Andrade
Juno Andrade -

Junno Andrade está encantando mais uma vez como um dos apresentadores do Dancing Brasil, da Record TV. À coluna, ele fala sobre sua evolução no programa, namoro com a apresentadora Xuxa Meneghel, fama de fogoso e muito mais. Confira! 

Está mais a vontade nesta edição, Junno? 

Ah, com certeza! A gente já sabe mais ou menos o que vai acontecer, embora tenham coisas um pouquinho diferentes que são muito positivas, a gente tá bem mais tranquilo, sai aquela tensão do novo, da novidade, do inesperado. Mas, é lógico que no ao vivo tem sempre um frio na barriga, não tem como não. O que é bom, né? A gente fica atento, fica alerta.

Você consegue se preparar antes? Porque a Xuxa deve ser uma mega professora, né? 

Ah, a gente conversa bastante, troca muito, e ela é muito generosa. Ela tem um jeito muito especial de dar a dica dela sem parecer que tá dando uma aula, mandando. Então é bem tranquilo isso.

E sobre o seu figurino? Você pretende ousar como ela ou não?

Então, homem você sabe como é que é, não tem muito para onde correr, né? Eu acho que a gente deve partir do tom dela, entendeu? Dependendo do que ela for usar, para que haja uma harmonia, a gente pode partir do que acontecer com ela, da forma como ela vai se vestir. Por exemplo, vão ter temas. Então, no de cinema ela pode estar muito glamourosa, então eu venho um pouco mais arrumado, com um smoking, ou até brincar com uma roupa meio Elvis Presley, anos 50. Enfim, vai depender muito do que acontecer com o figurino dela para compor o meu.

Ela é muito aberta para dançar, ela gosta. Você também? Ela acaba te levando na insistência?

Não. Eu, se precisar, como um bom virginiano, tô aqui para o que der e vier. Se precisar de mim, eu vou me esmerar ao máximo para dar o meu melhor e dançar, se for o caso. Eu prefiro não dançar. Prefiro ficar ali na minha zona de conforto, entrevistando as pessoas, tá tudo certo.

E você já está mais envolvido com os participantes. Tem alguma história ou alguém que você já se identificou?

Então, já comecei. Não vou falar agora, porque a gente pretende mostrar isso no andar da carruagem. Mas eu já to me apaixonando por algumas histórias. É incrível para eles terem chegado até aqui, pelo que eles já passaram. Aliás, a nossa ideia é focar mais nisso, na particularidade, no lado humano de cada um. Sair um pouquinho da dança, porque eles já vão mostrar isso mesmo, eles dançando, os bastidores e os ensaios. Então, na minha parte, se a gente conseguir, vai ser exatamente explorar um pouco mais da intimidade de cada um, para que as pessoas descubram afinidades, passem a admirar o ser humano, e não só o artista. Senão, o cara vota no artista, mesmo que ele dance mal (risos).

Você sabe se posicionar muito. A Xuxa é uma estrela, e você dá um passinho pro lado. Como que é para você ser namorado de uma grande estrela? 

Então, eu acho que bom senso e caldo de galinha… quer dizer, caldo de galinha faz mal sim! (risos) Agora, eu sou vegano e não posso mais usar esse ditado! Mas eu acho que bom senso cabe em qualquer lugar, né? Eu sei o meu lugar, sei o lugar dela, sei o que ela conquistou. É diferente da minha estrada e eu tenho muito respeito por isso. Então, acho que, no momento que você respeita o outro e se coloca no seu devido lugar, não existe atrito. Eu não faço pensando nisso, para mim é muito natural saber que é a hora dela, que aquele momento é dela e que eu tenho que respeitar.

E as pessoas têm falado que ela tá mais solta, que ela fala mais do relacionamento de vocês. Isso de alguma forma te incomoda, expor a intimidade de vocês?

Às vezes eu brinco e falo 'Xu, calma! Menos!' (risos). Mas ela tem a liberdade que ela quiser, para fazer o que ela bem entender. Eu estou do lado dela, seja como for. Então, eu respeito isso também. Se ela gosta de falar, eu respeito.

Ela é muito espontânea.

Sim, é o jeito dela! Então, eu respeito. O problema não é quando ela fala só, é como as pessoas entendem. Outro dia, ela falou que eu não depilava, né. Aí veio todo mundo falar que eu era o peludo. Não, eu não me depilo com laser! Eu não ficaria nu para fazer, porque não é a minha, não consigo me ver tirando a roupa e ficar ali. Mas eu me depilo do meu jeito, né? Tenho minha maquininha, vou lá e tal, faço a minha higiene pessoal. Mas as pessoas interpretam do que jeito que querem.

E ela brinca que você não consegue ficar sem transar, que você é safado. Isso de alguma forma atrai o olhar das mulheres para você?

Eu não faço ideia! Eu só tenho olhar pra minha! O que as outras tão pensando, eu não faço ideia!

E você é essa pessoa fogosa que a Xuxa diz que você é?

Aí você tem que perguntar pra ela… (risos). O termômetro é ela, é ela que fala, então tem que perguntar pra ela. 

 

Galeria de Fotos

Junno Andrade Blad Maneghel / Record
Junno Andrade Blad Maneghel/ Record
Juno Andrade Reprodução / Instagram