À esquerda, apresentadora que acusa Katy de assédio - Divulgação
À esquerda, apresentadora que acusa Katy de assédioDivulgação
Por O Dia
Estados Unidos - Pela segunda vez, a cantora Katy Perry é acusada de assédio sexual. Quem acusa agora é Tina Kandelaki, apresentadora de TV da Geórgia. Segundo ela, Katy a tocou de forma inapropriada e ainda tentou dar um beijo à força durante uma festa. As informações são do jornal russo Rossiyskaya Gazeta.

A outra acusação veio a público também na mesma semana. Inclusive, a apresentadora revelou que decidiu falar sobre o assunto depois que o modelo Josh Kloss realizou uma denúncia nessa semana. Kloss que trabalhou com Perry no clipe ‘Teenage Dreams’, de 2010 relatou num post do Instagram como foi o caso de assédio. 

“Era a festa de aniversário de Johny Wujeck (stylist da cantora). E quando eu a vi, nos abraçamos e ela ainda era a minha crush. Mas quando eu virei para apresentar um amigo, ela abaixou minha calça e minha cueca o mais longe que pôde para mostrar meu pênis para alguns de seus amigos e o público em nossa volta. Você consegue imaginar quão patético e envergonhado eu me senti?”, contou.