Claudia Leitte lança turnê e diz por que voltou tão cedo ao trabalho

A loura refletiu sobre o sentido da vida e comemorou o início da turnê 'Bandera', programada antes de engravidar

Por BÁRBARA SARYNE

Claudinha está empolgada para fazer shows: 'Estou muito poderosa'
Claudinha está empolgada para fazer shows: 'Estou muito poderosa' -

Rio - Claudia Leitte voltou da licença-maternidade com tudo! A cantora, que em agosto deu à luz Bela, sua terceira filha, está cheia de sonhos e projetos. No primeiro encontro com jornalistas após a curta pausa na carreira, a loura refletiu sobre o sentido da vida e comemorou o início da turnê 'Bandera', programada antes de engravidar.

Afobada, a artista entrou na sede do Twitter, em São Paulo, louca para "ver gente" e fazer uma "sessão de terapia gratuita". Ela, que já é mãe de Rafael e Davi, apesar das brincadeiras, admitiu estar mais pensativa desde a chegada da menina e afirmou que gerar um bebê do sexo feminino, embora o amor seja igual, é muito significativo.

"Fiz um discurso no meu primeiro DVD com coisas que acreditava. O tempo passou e continuo acreditando na causa feminina, mas hoje tenho mais consciência. Sei que vou deixar uma 'coisa' quando não estiver mais aqui. Acordo de manhã e já me sinto uma heroína", afirma a cantora, que não se deixa abater nos dias ruins.

"Tem hora que penso que não vou dar conta de tudo, mas lembro que meu nome é Claudia Leitte. Dou logo três tapas na cara para voltar com a autoestima, boto uma roupa bonita e sigo plena", diz ela, prometendo esse mesmo show de autoestima nos palcos, mas com um detalhe especial: os peitos explodindo. "Estou muito poderosa, vocês podem me esperar seminua... Brincadeira!", diverte-se.

Questionada sobre a volta ao trabalho tão cedo, Claudia diz que fez questão de respeitar a agenda porque "os boletos não param de chegar" e muitas pessoas dependem do seu trabalho. Ela exalta, inclusive, o apoio de seus funcionários e o empenho na divulgação do projeto dentro e fora do Brasil.

Personalidade forte

Claudinha inicia a tão esperada turnê no dia 26 de outubro. Pelo que diz, o público pode esperar uma artista mais madura e que sabe o que quer. Mesmo incentivada a lançar as canções aos poucos nas plataformas digitais, ela afirma que insistiu para gravar e divulgar o álbum de uma vez porque queria contar a história com início, meio e fim.

"Sou de uma geração anterior a essa que lança tudo no digital. O mercado é diferente. O comportamento da indústria da música é acolhedor, mas tive que me adaptar para compreender o que está acontecendo", diz a artista, que ao ver tantos famosos com depressão, acredita na importância de seguir tendências, mas não leva as cobranças tão a sério.

Pressão das redes

Sincera, Claudia diz que é difícil lidar com a pressão para lançar músicas tão rápido. Ela, que começou a carreira nova, é daquelas que gosta de fazer um álbum por vez e espera o melhor momento para divulgar o trabalho, sem querer juntar material para ir soltando aos poucos.

Com 'Bandera' foi desse jeitinho. A loura compôs a canção que virou turnê há dois anos, mas só investiu quando encontrou sonoridade, batida e um projeto que acompanhasse a música.

Single principal dessa nova fase de Claudia, 'Bandera' mistura idiomas e fala sobre amor e paz. "Começou tudo em espanhol, depois virou inglês, aí coloquei trechos em português. E o negócio ficou assim", recorda, considerando-se uma "profeta do axé" por misturar idiomas antes de 'Despacito' fazer tanto sucesso no Brasil.

A artista acredita que sua coragem para pisar em lugares ainda desconhecidos é o que resulta no sucesso. Por isso, não tem medo de virar meme ou chacota na internet. Recentemente, após o tão elogiado show de Pink no Rock in Rio, internautas lembraram de Claudinha tentando fazer o mesmo em 2011.

"Sou obrigada a conviver com isso. No grupo da minha equipe tem várias figurinhas desse momento. Pink é uma das melhores cantoras da vida. Independentemente de como estou sendo lembrada, ser lembrada com Pink é uma honra. Eu me arrisquei, sou corajosa. Acham que vou parar de voar? Vou virar um passarinho", afirmou ela, que promete figurino ousado e coreografias nos próximos shows. Será que vai ter voo?

Mensagem especial

Embora fale muito sobre a mistura de idiomas e a batida de 'Bandera', Claudia valoriza a mensagem da canção. Ela explica que pretende questionar seus fãs a respeito de quais bandeiras cada um tem levantado no dia a dia. A dela, sem dúvida, é a bandeira do amor.

"Se você não tiver amor, não tem como ser bem-sucedido. Quando falo isso, as pessoas acham clichê porque sempre falo de Deus e amor. Parece que estou sendo inconveniente. Mas isso é o que me motiva a falar ainda mais. Estou longe de ser a mãe e a mulher perfeita, mas ensino que não tem diferença entre as pessoas, que não tem ninguém maior que ninguém".

Nessa onda de amor, inclusive, Claudinha agradece o apoio de sua banda e todos que estão com ela no batente. A cantora revela que muitas vezes só tem coragem de entrar no palco porque sabe que pode confiar em quem está com ela nesse desafio.

"Esse dilema que toda mulher vive quando vai trabalhar depois da gravidez é real. Não ia conseguir cantar se não tivesse tantas pessoas me encorajando, falando 'vai'. Quando a gente tira o celular das crianças, elas ficam ligadas no 220. Rafa acha que Bela é um pet. E Davi acha que é pai. Aí no meio do trabalho tem essas coisas para resolver, preciso fazer pausas, mas estou conciliando com a bandeira do amor", desabafa.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Claudinha está empolgada para fazer shows: 'Estou muito poderosa' Globo / Fábio Rocha
Claudia Leitte lança o projeto 'Bandera' Divulgação
Claudia Leitte lança o projeto 'Bandera' Divulgação
Claudia Leitte lança o projeto 'Bandera' Divulgação
Claudia Leitte lança o projeto 'Bandera' Divulgação

Comentários