Afropunk, o maior festival de cultura negra do mundo, chega ao Brasil

Evento se une com Feira Preta para a realização do 'Black to the Future'. Celebração de dois dias, 19 e 20 de novembro, acontecerá em São Paulo

Por O Dia

Afropunk
Afropunk -
São Paulo - O Afropunk, maior festival de cultura negra do mundo, chega ao Brasil em um evento de duas noites, 19 e 20 de novembro, em comemoração ao aniversário de 18 anos da Feira Preta. A celebração será realizada na Audio, em São Paulo, onde acontecerá shows de artistas brasileiros como BaianaSystem, Black Pantera, Baco Exu do Blues, Aya Bass Featuring Luedji Luna, Xenia França e Larissa Luz, Karol Conka, Rincon Sapiência, Young Piva, Batekoo e New York DJ MikeQ.

O festival é uma instituição formadora de cultura em todo o mundo há mais de 14 anos. Nova York, Atlanta, Londres, Paris e Joanesburgo são casas de eventos globais do Afropunk. Agora, o evento anuncia, em parceria com a Feira Preta e a 999, um evento de duas noites, que coincide com o Dia da Consciência Negra, data que celebra Zumbi dos Palmares.
Maior líder da resistência e luta contra a escravidão no Brasil, ele foi morto em 20 de novembro de 1965 pelas mãos do exército português que havia lançado uma ofensiva ao refúgio que levava seu nome: o Quilombo dos Palmares.


"Zumbi sacrificou sua vida e inspirou outros a fazerem o mesmo pela libertação do povo negro. Cerca de cinco milhões de africanos escravizados chegaram ao Brasil entre 1501 e 1866, e desde então a população negra do Brasil cresceu até se tornar a segunda maior população negra do mundo fora da África. Como somos um farol para ‘The Other Black Experience’ e como parte de nossa missão de expansão global, nos dedicamos a elevar e celebrar a população de origem africana no Brasil. Por meio desta parceria com a Feira Preta, festival presente há 18 anos e maior celebração da cultura negra na América Latina, nossa família negra cresce exponencialmente", diz Matthew Morgan, co-fundador do Afropunk. 

"The other Black experience" faz parte dos princípios centrais do Afropunk desde sua fundação em 2003 e seus primeiros eventos em 2005. O festival se tornou a maior plataforma para descobertas da cultura alternativa negra e é reconhecido como o mais multicultural, avançado e importante festival negro dos Estados Unidos.

"Ao mirar o futuro com um olho no passado, celebramos esta parceria com o AFROPUNK com o festival ‘Black to the Future’. Neste momento em que vivemos é especialmente importante para nós o uso de estratégias que fortaleçam nossa identidade negra, e trabalhar com o AFROPUNK é fundamental. Juntos, passamos a mensagem de que estamos organizados para continuar a impulsionar nossa criatividade e nosso poderio econômico", diz Adriana Barbosa, fundadora da Feira Preta.

Para mais informações sobre o Afropunk Brasil, acesse: www.afropunk.com 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários