Por O Dia
Rio - Projeto que estimula o pensamento crítico e desperta o interesse dos jovens pela criação literária, o Prêmio Literário do Ensino Fundamental encerrou sua edição 2019 com uma cerimônia no Museu Histórico Nacional, nesta quinta-feira. 
Na ocasião, houve a sessão de autógrafos da coletânea “Onde mora o preconceito”,  com narrativas de 122 alunos de 12 escolas públicas municipais da cidade, nos formatos impresso (distribuição gratuita apenas nas escolas públicas de ensino fundamental) e em E-book e audiolivro com acesso gratuito, disponíveis para download em www.premioliterario.com.br
Publicidade
Em 2019, 21 escolas enviaram textos de 593 alunos. Dos 148 textos enviados, 30 foram selecionados para a coletânea 2019, escritos por 122 alunos de 12 escolas premiadas. “Onde mora o preconceito” reúne textos de diferentes gêneros discursivos, predominantemente do tipo narrativo: conto, crônica literária, crônica jornalística, fábula, diário e carta, além de esquetes de teatro, poesia, raps e cordel.