Jongo da Serrinha  - ANDRELUIZ
Jongo da Serrinha ANDRELUIZ
Por O Dia
Rio - Encerrando o mês da consciência negra, a Casa do Jongo, neste sábado (30), abre suas portas, a partir das 10h, para a aula gratuita de jongo para adultos. Já no período da tarde, a atividade será oficina de poesia. O evento será ministrado pelos professores Anderson Vilmar, Lazir Sinval, Deli Monteiro e Suellen Tavares.
O  jongo, ritmo de origem africana, é conhecido como uma dança de terreiro com a coreografia em círculo, onde os participantes batem palmas e movimentam o tronco. No meio da roda fica o solista ou jongueiro, que entoa versos improvisados e "pontos". Nas letras dos pontos estão enigmas que o adversário na roda precisa adivinhar para "desatar" ou "desamarrar" o ponto. Os instrumentos tradicionais são dois tambores de tamanhos diferentes: tambu, o maior, e candongueiro, o menor.

O Jongo da Serrinha é uma organização social, com mais de 50 anos, que promove ações integradas entre cultura, arte, memória, desenvolvimento social, trabalho e renda. É lá na Casa do Jongo, que as ações e atividades acontecem com atendimentos para de cerca de 400 crianças, jovens e adultos através das suas diversas oficinas de dança, capoeira, percussão, teatro, inglês, entre outras.

A aula de jongo adulto faz parte do projeto da Associação Cultural Jongo da Serrinha, que atualmente conta com patrocínio da Prefeitura do Rio e apoio da Fundação Cultural Palmares. Para se manter ativo, o projeto também possui uma campanha na Benfeitoria, com contribuições que variam de R$20 a R$100, onde é possível se tornar assinante e ajudar este Centro de Memória permanente e as crianças por ele assistidas. Para participar da campanha, é preciso apenas entrar e fazer o cadastro no site https://benfeitoria.com/casadojongo.

Serviço:
Publicidade
Aulão de Jongo para adultos. Rua Balaiada, Serrinha, Madureira. Quando: Sábado, a partir das 10h. 
Telefone: (21) 3457-4176. Site: http://www.jongodaserrinha.org.br