Gardênia Cavalcanti é a nova colunista do DIA

No caderno de domingo, apresentadora do Band Mulher vai tratar de temas do universo feminino

Por Juliana Pimenta

Gardênia Cavalcanti
Gardênia Cavalcanti -
Rio - Apresentadora do Band Mulher, Gardênia Cavalcanti é a nova colunista do DIA. Os textos que, a partir de amanhã, serão publicados todo domingo no D Mulher vão tratar dos temas preferidos da musa da TV. "Eu vou fazer uma coluna voltada para o universo feminino: vou falar sobre direito da mulher, saúde e beleza da alma. Vou trazer sempre algumas personalidades do meio artístico e mulheres que tenham um trabalho diferenciado, que possam dividir com a gente a história delas para inspirar outras mulheres", explica a colunista, indicando que o material vai se dividir entre as entrevistas com mulheres de destaque e conteúdo comportamental.

"Eu quero falar sobre as coisas que eu já falo, sobre os temas que acredito serem importantes, como o direito da mulher e empoderamento. A gente já fala muito de feminicídio, mas os dados do Rio de Janeiro, e de todo Brasil, ainda são alarmantes. Nós temos lutado bastante contra isso e acho que esse é um caminho de falar mais sobre esse tema importantíssimo", destaca a apresentadora, que se mantém forte na luta pelo direito das mulheres.

Posicionamento forte

"Quando eu trabalhava com produtos de beleza, eu já ajudava a empoderar as mulheres. E, com a coluna, vai ser uma oportunidade de continuar dividindo esse conhecimento. Eu gosto de gente e tenho o maior carinho pelo DIA. Sou assinante, acompanho as matérias tenho certeza que o jornal vai entrar nessa causa comigo, dando espaço para falar sobre isso", conta Gardênia.

A apresentadora também espera que a coluna seja um espaço para apurar o olhar da população para os problemas sociais. "A vida não é cor de rosa para todo mundo, então é muito bom você ouvir histórias de superação para aprender com os outros. Eu pretendo interceder por mulheres que sofrem com coisas absurdas, por pessoas que tem deficiência física e promover a conscientização da população em assuntos como o feminicídio", destaca a apresentadora que, apesar de ter um conteúdo voltado para mulheres, também conta com o apoio masculino.

"Trazer homens para essa discussão é muito importante. Eles têm que fazer parte dessa luta. Muitos homens que assistem meu programa me mandam mensagens agradecendo e dizendo que aprenderam muito com as coisas que eu falei", comemora Gardênia, que tenta passar o mesmo exemplo para o filho Miguel.

Maternidade

"Como mãe de menino, acho que a gente tem bastante contribuição em relação a isso, em educar os homens para que eles respeitem as mulher. Meu filho é bem pequeno, só tem nove anos, mas já sabe da importância da gentileza e é de agora que se forma caráter e que ele vai se conscientizando. Os homens têm que participar desse movimento também", defende Gardênia que, com a criação do filho, os cuidados com a casa, o programa na Band e a coluna tem encontrado pouco tempo para descanso.

"Tenho as gravações na Band e, com meu filho de férias, ele está dormindo mais tarde e eu fico com ele brincando. Depois ainda cuido da casa. Fim de semana até tenho convites para sair, mas priorizo a família porque acabando ficando o dia fora a semana toda. Nós, mulheres, acumulamos muitas funções, mas vamos sempre dando conta", explica.

Beleza por dentro e por fora

Vinda do mercado de cosméticos, Gardênia confessa que não consegue deixar de falar sobre beleza no trabalho. "Esse mundo está impregnado em mim: o cuidado com o cabelo, com a pele, dicas sobre envelhecimento e vida saudável. Eu falo de maquiagem, claro, mas independentemente disso, quero falar de assuntos que façam sentido para nossa vida", defende a colunista ao explicitar o conteúdo mais social de suas colunas e postagens.

"O mundo está tão maluco, não dá pra falar tanto só da beleza. Falo do que eu acredito. A gente vive em um cenário com dados alarmantes de suicídio e depressão. Então, falar de amor, família, carinho, respeito e igualdade nunca é demais. Não adianta só arrumar o cabelo e fazer a unha. O coração tem que estar arrumado também", argumenta.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários