Day Mesquita viverá garota de programa em 'Amor Sem Igual'

"Essa personagem tem me ensinado muito a me aceitar, a me sentir uma mulher forte, autoconfiante", diz a atriz

Por Gabriel Sobreira

Day Mesquita, a Poderosa de 'Amor Sem Igual', da Record TV
Day Mesquita, a Poderosa de 'Amor Sem Igual', da Record TV -

Rio - Aos 34 anos, Day (fala-se 'dai') Mesquita vai interpretar, pelos próximos meses, Angélica/Poderosa, a garota de programa protagonista de 'Amor Sem Igual', novela que estreia nesta terça-feira, às 20h30, na Record TV. "Essa personagem tem me ensinado muito a me aceitar, a me sentir uma mulher forte, autoconfiante. Tenho conquistado essa autoconfiança até porque a gente repete textos de autoconfiança o tempo inteiro", entrega a artista.

Equilíbrio

Nascida em Telêmaco Borba, no Paraná, Day conta que, por causa da personagem, tem tido um cuidado especial com o corpo. Afinal, o figurino de Angélica/Poderosa é repleto de peças justas e decotadas. "Estou fazendo aulas de tecido acrobático, que está me ajudando a definir o corpo", explica ela, que há dois anos começou a fazer uma reeducação alimentar com uma nutróloga. "Aprendi que o equilíbrio é a base de tudo com a atividade física. Eu adoro doce. Às vezes, comia doce o dia inteiro, então é procurar o equilíbrio", diz ela, aos risos.

Composição

Day já tinha começado as gravações quando conversou um pouco com seis ex-garotas de programa. O bate-papo aconteceu durante a produção do clipe da novela, e a troca de ideia foi positiva. "Muito bom ter tido esse contato com elas. Acrescenta no meu trabalho e ajuda a entender todo o preconceito que elas ainda vivem", afirma a atriz, que defende o não julgamento dessas mulheres. "É importante olhar o outro com respeito, carinho, compaixão. Se todo mundo tivesse essas atitudes, o mundo seria melhor", avalia.

Parte da composição da personagem também se deu no quesito cor de cabelo. A atriz abandonou o tom moreno e se surpreendeu com o ruivo proposto pela direção. "Já me acostumei. Teve uma vez que um fã-clube fez uma montagem comigo ruiva, e até achei que poderia ficar legal. Mas nunca imaginei. Quando fiquei sabendo que ficaria ruiva para a novela, topei na hora. Achei bacana e um tom que combina com a pele", comemora.

A trama

Na história de Cristianne Fridman, Angélica/Poderosa é uma jovem que teve uma vida difícil. Sofreu rejeição do pai quando pequena. Antes de morrer, a mãe da garota a deixou com um casal, e o homem abusou da menina quando ela tinha 12 anos. Mais tarde, ela aprende a se virar sozinha e se prostitui para sobreviver. Ganhando a vida na beira da estrada, ela é na verdade a herdeira de um empresário milionário, Ramiro (Juan Alba), que agora busca a filha abandonada. Só não se sabe se a procura é por estar arrependimento ou pelo fato de precisar de um doador de rim compatível.

"Nos primeiros capítulos tem explosão de carro, depois ela sofre um atentado e quase morre. Tem muita ação. É tudo muito rápido", adianta a atriz, cuja personagem é alvo do meio-irmão, Tobias (Thiago Rodrigues), que não aceita dividir a fortuna da família com uma "bastarda" e garota de programa.

Mas se tem vilão, há mocinho também. Nesse caso é Miguel (Rafael Sardão), cujo caminho cruza com o de Angélica/Poderosa. E o rapaz é tomado por uma grande paixão pela garota de programa. "Esse amor a assusta muito, a pega de rasteira, e ela não entende nada. A Poderosa diz: 'O que está acontecendo?'. Ela nega (esse amor) o tempo inteiro. Até esse coraçãozinho amolecer vai demorar. Justamente por conta de tudo que ela sofreu", explica Day.

Apesar de ser protagonista pela segunda vez na carreira — a primeira foi na novela 'Vende-se Um Véu de Noiva', de 2009, no SBT —, Day considera Poderosa a sua primeira por causa da maior visibilidade na Record. "O friozinho na barriga continua. E mais do que tudo, é uma personagem emblemática. É uma garota de programa, mas ao mesmo tempo ela é forte, decidida, divertida, alegre, leve... Tem muitas nuances que o público poderá acompanhar aos poucos a cada capítulo", diz.

 

Com a palavra a autora

Para Cristianne Fridman, a Record foi muito ousada em propor uma novela em horário nobre com uma protagonista que é garota de programa. "Se vocês observarem bem, a dramaturgia da Record vem inovando", aponta a novelista. De olho na audiência, a autora manda um recado para o público em caso de possíveis ressalvas em relação à trama.

"Quando falamos que a mocinha é uma garota de programa, é bom alertar que a história da novela é romântica. Não se trata de um mergulho no mundo da prostituição", frisa Cristianne, que faz um convite a todos: "A família brasileira pode assistir, papai, mamãe, todo mundo. A novela está divertida, com romance e ação. Vale a pena, espero vocês".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Day Mesquita, a Poderosa de 'Amor Sem Igual', da Record TV Jeff Porto/Divulgação
Day Mesquita, a Poderosa. Acima, com Rafael Sardão, o Miguel Blad Meneghel/Record TV
Angélica/Poderosa (Day Mesquita) de 'Amor Sem Igual', da Record TV Blad Meneghel/Record TV
Poderosa/Angélica (Day Mesquita) de 'Amor Sem Igual', da Record TV Blad Meneghel/Record TV
Day Mesquita, a Poderosa de 'Amor Sem Igual', da Record TV Jeff Porto/Divulgação

Comentários