Banda Seletores de Frequência lança Piloto de Fuga (nº 2)

Primeiro single do álbum Astral já está disponível em todas as plataformas digitais

Por O Dia , O Dia

Seletores de Frequência
Seletores de Frequência -
Rio - A banda Seletores de Frequência surgiu e foi batizada por BNegão durante as gravações do que seria seu primeiro disco solo. Ele curtiu tanto as contribuições dos amigos convidados para participar que o projeto acabou virando “BNegão & Seletores de Frequência". Desde lá, são mais de 15 anos de atividade, resumidos em três álbuns: Enxugando Gelo (2003), Sintoniza Lá (2012) e Transmutação (2015). Na estrada, passaram pelas principais cidades e palcos do Brasil e fizeram diversas turnês de êxito pela Europa.

O grupo, que atualmente é formado por Pedro Selector (trompete), Robson Riva (bateria), Sandro Lustosa (percussão), Bruno Pederneiras (baixo), Marco Serragrande (trombone) e Gilber T (guitarra); lançou seu primeiro projeto instrumental sem BNegão em 2016. O EP de quatro faixas chamado “SF”, apresenta um pouco daquilo que está no DNA do grupo: funk, soul, dub, afro, jazz.

A consolidação desse trabalho veio com o convite de Dado Villa-Lobos e do produtor Estevão Casé, para lançar um disco completo, somente de músicas originais e inéditas, pelo selo RockIt! O álbum, chamado Astral, levou cerca de dois anos para ser finalizado e será lançado em todas as plataformas musicais esse ano. O primeiro single é "Piloto de Fuga (nº 2)", quase um tema de filme de ação dos anos 70 adaptado para os dias atuais. Confira no streaming e o clipe no Youtube.


Astral

Assim como o single é uma prévia do disco, a capa do single é uma prévia da capa do álbum. Criada pelo artista Rafo Castro, a arte do Astral reúne cores e elementos abstratos, com o fundo preto, dando ideia de algo espacial. Para o lançamento do Piloto de Fuga nº 02, a arte foi cortada dando um aperitivo do que será a capa completa, que será lançada em breve junto com o álbum. Astral terá 11 músicas, compostas e arranjadas pelo Seletores de Frequência. 

Comentários