Gabriela Pugliesi  - fotos Reprodução
Gabriela Pugliesi fotos Reprodução
Por O Dia
Rio - Gabriela Pugliesi respondeu perguntas de seus seguidores nas redes sociais e acabou falando sobre sua experiência com maconha. A influenciadora digital contou que costumava fumar antes de dormir, mas abandonou o hábito de usar a droga.

Galeria de Fotos

Gabriela Pugliesi Reprodução
Gabriela Pugliesi Reprodução Instagram
Gabriela Pugliesi Reprodução
Tatá Werneck e Gabriela Pugliesi Reprodução internet
Gabriela Pugliesi já está se exercitando após ser diagnosticada com coronavírus Reprodução Internet
Com febre, Gabriela Pugliesi foi para o Hospital Albert Einstein Divulgação
A influenciadora digital Gabriela Pugliesi testou positivo para o coronavírus Reprodução/Instagram
Erasmo Viana e Gabriela Pugliesi Photographer: Fernando Pereira
Musa fitness, Gabriela Pugliesi tem 4 milhões de fãs Reprodução
Gabriela Pugliesi e Erasmo Internet
Gabriela Pugliesi Internet
Gabriela Pugliesi e seu time de amigos e amigas sarados em Jericoacoara Reprodução Internet
Gabriela Pugliesi e Mari Gonzalez em Jericoacoara Reprodução Internet
A atriz fala de seu primeiro namora e da postura do ex-namorado Reprodução do YouTube
Publicidade
"Fumava para dormir, mas não fumo mais há uns anos. Detesto porque já tive crise de pânico, sei que isso potencializava e me dava bad vibes real", disse.
Ela também falou sobre suas crises de pânico. A influenciadora também contou que teve crises, inclusive, durante alguns eventos públicos e citou uma saia justa que passou no "Domingão do Faustão". 
Publicidade
"A pior crise de pânico que tive foi quando fui jurada do Dança dos Famosos, no Domingão do Faustão. Ninguém percebeu, mas só eu sei o sufoco que estava passando ali. É uma sensação inexplicável, um estranhamento total. Vontade de sair correndo gritando, mas não tenho nenhuma há tempos e nunca tomei remédio", disse.