Fernanda Nobre - Reprodução do Instagram
Fernanda NobreReprodução do Instagram
Por O Dia
Em uma participação no podcast "Calcinha Larga", Fernanda Nobre falou sobre o funcionamento do seu relacionamento aberto com o diretor teatral José Roberto Jardim.
Publicidade
 "Quando a gente se conheceu, eu estava transando com dois amigos dele ao mesmo tempo. E ele falava: 'Cara, não vou namorar você. Você está no auge da sua potência, no auge da sua liberdade sexual, e eu acho lindo isso'. E eu não entendia. 'Estou transando com todo mundo, ó. Você não está namorando comigo'. E ele: 'Tá! Tudo bem'. Porque ele é um cara mais seguro e tem essa generosidade. Eu achava difícil de compreender isso, como se fosse uma falta de amor, mas me apaixonei", contou.
A atriz ainda explicou como eles começaram a namorar. "Cara, estou a fim de ter um namoro. Se não for com você, vai ser com outro cara". A gente saía com outras pessoas, mas vivia essa relação que era aberta, não tinha rótulos (...) A gente ficou um tempo na monogamia, certinha, nananã... E eu insegura, coisa que eu não tinha quando estava sem o rótulo. Eu não vivia em insegurança", disse Fernanda.
Publicidade
Além disso, Fernanda contou que ela e o marido nunca repetiram parceiros. "Eu nunca vivi (a situação de) ele transar com uma pessoa mais de uma vez. A gente nunca viveu isso. Não tem essa regra, só não vivemos até hoje isso".