Kodak Black  - Reprodução/Instagram
Kodak Black Reprodução/Instagram
Por O Dia
Rio - Kodak Black, rapper que conseguiu o perdão judicial de Donald Trump, se ofereceu para pagar os estudos de três filhos de um casal de agentes do FBI mortos em serviço. O site "Daily Loud" foi responsável por revelar a informação através de um vídeo divulgado em que Kodak aparece em um evento de hip hop.

Kodak apoiou Trump durante o tempo no cargo e fez campanha para ele em 2020. No momento que recebeu o perdão o rapper cumpria sentença de três anos por psse ilegal de armas e falsificação de documentos. O músico causou polêmica ao compartilhar uma postagem prometendo doar US$ 1 milhão para caridade caso Trump o perdoasse.

Segundo o advogado de Kodak, a oferta feita aos três filhos de Laura Schwartzenberger e Daniel Alftin foi enviada ao FBI. “Perdemos dois agentes do FBI em Broward County com filhos pequenos. Nós enviamos uma carta ao diretor do FBI em Miami com o Kodak oferecendo para pagar os estudos das três crianças a partir de agora”, disse Bradford.