Capa do livro 'Cidades Vacinadas'Foto: Divulgação

Por O Dia
A união faz a força. Partindo deste princípio e da necessidade de planejamento de conceitos e ações que devem ser aplicados durante e após a pandemia, um grupo de pesquisadores, mestres e doutores de várias áreas do conhecimento científico trabalhou intensamente no primeiro trimestre deste ano, quando começava o processo de vacinação no Brasil. O resultado está no livro ‘Cidades Vacinadas, ensaios urbanos e ambientais para um Brasil pós-pandemia’, organizado pelas arquitetas e urbanistas Leila Marques, Simone Feigelson e Denise Vogel, com apoio do Instituto Niemeyer. O primeiro lançamento presencial será nesta terça-feira (22) na Loja Conceito, no CasaShopping (Barra), a partir das 18h.
Devido à atualidade do material e à necessidade de manter vivo o diálogo com a sociedade, ‘Cidades Vacinadas’ dará origem a um documentário. O filme deverá ser distribuído para universidades e disponibilizado gratuitamente. O anúncio foi feito pelo Instituto Niemeyer, e sua apresentação será no III Fórum Internacional do Instituto ainda este ano.

Solidariedade como padrão

‘Cidades Vacinadas’ tem a participação de mais de 60 autores das áreas de Arquitetura, Urbanismo, Engenharia, Direito, Turismo, Biologia, Administração, Comunicação, Relações Internacionais, Antropologia, História, Geografia, Paisagismo, Economia e outras especializações. A obra, de quase 300 páginas, foi editada pela Rio Books.

“A pandemia tem se mostrado um experimento único que a atual geração está vivenciando e com ela aprendendo, da maneira mais dura, que nosso modo de viver precisa levar em conta lições que devem ser aplicadas não apenas como paliativos durante uma crise sanitária dessa magnitude, mas cotidianamente, como novo conceito de bem-comum”, explica arquiteta e urbanista do CEFET/RJ Leila Marques, que destinará a sua parte da renda gerada pelo livro para projeto de combate à fome durante a pandemia.

O Instituto Niemeyer apoia a obra por considerar necessário avançar com a apresentação de propostas, análises críticas ou formulações de novos questionamentos.

Em breve o livro será lançado em Café Literário durante o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, que será sediado no Rio entre 18 e 22 de julho. O tema do evento é 'Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21'. Promovido pela União Internacional de Arquitetos (UIA) e com a organização do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), o Congresso seria realizado no ano passado, mas foi adiado devido à pandemia.
Publicidade
Capa do livro 'Cidades Vacinadas' - Foto: Divulgação
Capa do livro 'Cidades Vacinadas'Foto: Divulgação