Por raphael.perucci

Rio - A Porto da Pedra realizará nesta segunda, a partir das 20h, a entrega da sinopse do enredo que apresentará na Sapucaí em 2014, tentando conquistar ao Grupo Especial. Com o título “Majestades do samba, os defensores do meu pavilhão”, Leandro Valente, carnavalesco do Tigre, renderá homenagem aos casais de mestre-sala e porta-bandeira, responsáveis por conduzir o pavilhão das agremiações. O tema serve de pano de fundo para contar a origem desta tradição e do bailado elegante dos pares que fascinam a Sapucaí.

"O enredo não é tão somente uma homenagem pois há uma história fascinante por trás deste segmento. Ela remonta a época da corte, do fascínio que o bailado das damas exercia nos escravos que tentavam imitar os trejeitos dos brancos. Daí partiremos para os ranchos e toda a representatividade que este segmento tem para o carnaval", explica Leandro, autor do enredo.

Manoel Dionísio terá destaque no enredo

Símbolo do carnaval e responsável pela formação de diversos talentos da atualidade como Rute Alves e Julinho Nascimento, Raphaela Teodoro, Manoel Dionísio - presidente da escolinha de mestre-sala e porta-bandeira - terá papel fundamental no enredo. Segundo Leandro Valente, a figura de Manoel será destacada dentro do desfile.

"A arte do bailado sobrevive por conta dos esforços do Manoel Dionísio, que mantém a escolinha de mestre-sala e porta-bandeira pelo esforço e paixão que tem ao carnaval e à arte da dança. Não poderíamos deixar de ter o mestre nos auxiliando com sua sabedoria e destacando sua importância dentro do enredo e do carnaval", finaliza o carnavalesco.

Nascido em Minas Gerais, Manoel Dionísio tem sua história ligada ao carnaval atrelada à dança. Integrante do Balé Mercedes Batista, estreou na folia em 1959, pela Acadêmicos do Salgueiro onde foi campeão em 1963 dançando o minueto no enredo sobre Chica da Silva.

Premiado nacional e internacionalmente, o bailarino que viveu na Alemanha por duas décadas, sempre esteve envolvido com os festejos carnavalescos ora exercendo cargos executivos como a diretoria da Federação de Blocos Carnavalescos, ora como assistente técnico da Riotur na organização da decoração da cidade e da Avenida Rio Branco, palcos dos desfiles até a década de 80. Em 1990, fundou a 1ª Escola de Mestre-Sala e Porta-Bandeira do Rio de Janeiro e revelou talentos como Selminha Sorriso, Rute Alves, Julinho Nascimento e tantos outros da atualidade.

O encontro será realizado no Espaço Cultural Porto da Pedra, que fica na Travessa João Silva, 84, Porto da Pedra.

Você pode gostar