Por thiago.antunes

Rio - Pelo segundo ano consecutivo, a Acadêmicos do Grande Rio vai para a Avenida com um destaque de peso. E não é na ala das baianas. Do alto de seu 1,80 metro e esbajando simpatia e samba no pé, a modelo Josiane Lira, 31 anos, é a primeira passista plus size da história do samba e quer provar que as gordinhas também têm vez na Sapucaí.

Com a faixa de miss atravessando o peito e fantasia que revela suas curvas, a musa tem orgulho das medidas do seu corpo. E que medidas: manequim 50/52, cintura 122 centímetros, quadril 134 cm, braço 36 cm e coxa 78 cm. “Sempre foi o meu sonho desfilar. Pra mim, não importa as passistas serem saradas — 80% das mulheres brasileiras são como eu, não como elas. É daí que vem meu apoio, minha força. Mesmo sendo a única”, orgulha-se Josiane.

Josiane diz que não não nenhuma preparação especial para o desfileDivulgação

Eleita Miss Carioca Plus Size 2013, ela mora em Duque de Caxias e tem um filho de seis anos. Josiane —que não revela seu peso — começou a trabalhar como modelo há dois anos e já desfilou e posou para campanhas no Brasil e na Argentina. Para ela, entrar para o mundo da moda foi uma maneira de superar frustrações. “Eu não acreditava no meu potencial por achar que estava fora dos padrões. A família diz que você é linda, mas você não acredita. Então, decidi me inscrever em concursos com mulheres iguais a mim. Aí tudo mudou”, conta.

A iniciativa de desfilar como musa partiu dela própria, que apresentou a proposta à direção da Grande Rio. A escola recebeu a ideia com entusiasmo, e, após seu primeiro desfile, ela diz que não ficou devendo nada no samba no pé às outras passistas.

Hoje, com a auto-estima renovada, Josiane quer abrir as alas do samba para outras gordinhas, e conta que suas amigas já estão se animando. Para quem tem preconceito, ela não está nem aí. “Alguns apontam e você sabe que não é por admiração. Mas é minoria, a maioria é que me importa!”, conta. Sobre o assédio masculino, ela faz suspense: “Prefiro nem comentar.”

Para se preparar para o desfile, Josiane mantém a sua rotina habitual e não faz dietas. Ansiosa para entrar na Avenida, ela termina o papo contando como fazer bonito na Sapucaí. “O que importa é estar feliz consigo mesmo e realizar aquilo que você nunca imaginou que pudesse acontecer. A vida é feita de sonhos.”

Você pode gostar