Inocentes de Belford Roxo homenageia hoje a maior artilheira da Seleção Brasileira

Sua majestade a Rainha Marta vai representar a força e o empoderamento feminino

Por Julia Noia*

A jogadora Marta se emociona ao visitar o barracão da Escola de Samba Inocentes de Belford Roxo
A jogadora Marta se emociona ao visitar o barracão da Escola de Samba Inocentes de Belford Roxo -

Com o rosto iluminado pelas coloridas alegorias, a jogadora de Marta da Silva acompanha com encanto todos os carros utilizados no desfile da Inocentes de Belford Roxo, escola de samba do Grupo A que decidiu homenagear a futebolista e contar sua história do interior de Alagoas para o mundo. Na véspera do desfile, o primeiro de hoje, Marta visitou o barracão da escola, no Centro do Rio, e não mediu esforços para conter a emoção. 

"Eu jamais imaginei que a minha história seria contada no palco da maior festa do nosso país, o Carnaval. Sem dúvida, mais um sonho realizado, e eu acho que nem nos meus maiores sonhos eu poderia imaginar que isso aconteceria na minha vida. É muito gratificante", comentou, com lágrimas nos olhos. Os carros contam toda a trajetória da jogadora, desde o pequeno município de Dois Riachos, ao título de melhor jogadora de futebol do mundo pela FIFA. 

Acostumada com gramados do mundo inteiro, a rainha de chuteiras muda de ambiente e vai conhecer o estádio das escolas de samba pela primeira vez, e direto como protagonista da festa. Mas ela não vai embarcar sozinha.

"Meus irmãos, minha mãe, minha madrinha e alguns amigos de infância vão desfilar comigo. Quando eu contei para a minha mãe, ela começou a chorar, e eu falei: 'Agora, a senhora tem que aprender o enredo e começar a dançar'", contou. Segundo ela, seu estado natal também vibra e se orgulha da homenagem a uma das maiores jogadoras do mundo. 

Para Marta, faltam palavras para as alegorias, e a visão do barracão se mistura com as lágrimas de emoção. "O carnavalesco Jorge Caribé está arrasando nas fantasias e nas alegorias, e eu acredito que o pessoal vai gostar do que vai ver na avenida", afirmou, orgulhosa. 

 

Consagração nos gramados e na Sapucaí

A escolha pelo enredo surgiu após o desabafo da premiada atleta ao ser eliminada da Copa do Mundo no ano passado. "Não vai ter uma Formiga para sempre, uma Marta, uma Cristiane. Pensem nisso, valorizem mais. Chorem no começo para sorrirem no fim", disse na época, sobre a falta de investimento no time feminino. 

Nascida no interior do Nordeste, Marta teve seu talento mundialmente conhecido jogando na Suécia. Agora, aos 34 anos, ela carrega seis títulos de melhor do mundo, cinco deles consecutivos, um recorde geral da Fifa. Desde 2015, é considerada a melhor artilheira da Seleção Brasileira, masculina e feminina, com 110 gols. 

* Estagiária sob supervisão de Thiago Antunes

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários