Procon Carioca notifica lojas no Sambódromo  - Divulgação
Procon Carioca notifica lojas no Sambódromo Divulgação
Por O Dia
Rio - O Procon Carioca fez 67 fiscalizações nos estabelecimentos do Sambódromo desde sexta-feira. Quatro lojas já foram notificadas: uma pela falta do alvará de funcionamento e outro pela falta de preço unitário de guaraná, o que caracteriza venda casada. Uma outra loja por não apresentar alvará e certificado do Corpo de Bombeiro, e um bar pela ausência do licenciamento sanitário e dedetização. Eles têm dez dias para apresentar a defesa ao Procon Carioca e poderão ser multados.

Segundo o presidente do Procon Carioca, Benedito Alves, as primeiras fiscalizações foram educativas, quando os agentes orientaram os comerciantes sobre as normas do Código de Defesa do Consumidor. “Agora, eles estão voltando notificando quem descumpre as regras. As normas são as mesmas de sempre, mas ainda há empresários que agem irresponsavelmente. E não podemos tolerar isso”, disse Benedito Alves.