Tatá Werneck dispara: 'Não tenho medo de envelhecer'

Em entrevista, atriz conta que chegou aos 30 anos sem crise. Pelo contrário, realizada

Por daniela.lima

Tatá Werneck dispara%3A 'Não tenho medo de envelhecer'Divulgação

DE REPENTE 30: Ela arrebatou o público com a Valdirene piradinha de ‘Amor à Vida’ e, hoje, entra para o time das balzaquianas com motivos de sobra para comemorar. O sucesso estrondoso da periguete do horário nobre é o principal deles. À coluna, Tatá Werneck conta que chegou aos 30 anos sem crise. Pelo contrário, realizada. 

“Eu tinha muito medo de não poder sustentar uma família, criar filhos com o dinheiro da minha profissão, de ser obrigada a desistir. Não tenho medo de envelhecer. Tenho medo de criar feridas, de me levar a sério, de parar de me divertir. Quero ser uma velhinha engraçada, de óculos escuros e calça legging à beira da piscina, falando: ‘Vem, galera’. Meu maior medo é não aproveitar ao máximo a vida. E aproveitar não é sair para beber, porque eu nem bebo. Quando tenho um tempo livre, faço aulas de violão, de bateria, invento”, diz.

PRESENTE: “Quero poder continuar vivendo essa fase feliz de trabalho e dar uma nova lua de mel para os meus pais”.

FUTURO: Depois da novela, Tatá vai fazer seis filmes, fora o programa ‘Sem Análise’, do Multishow. Três deles são: ‘Os Homens São de Marte... E É Pra Lá Que Eu Vou’, com Mônica Martelli; um longa sobre TOC (transtorno obsessivo-compulsivo); e outro com Ingrid Guimarães, ‘Loucas Pra Casar’. “Quando eu era mais nova, tinha medo de não me casar, mas hoje, não. Estou louca é para ser mãe”.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia