Taís Araújo: 'Vou orientar meu filho a escapar das armadilhas do preconceito'

Mãe de João Vicente, a atriz lamentou a discriminação racial no Brasil em entrevista à revista '29 Horas'

Por daniela.lima

Taís Araújo%3A 'Vou orientar meu filho a escapar das armadilhas do preconceito'Divulgação

Rio - Taís Araújo está na capa da revista "29 Horas" de dezembro e chama a atenção para a discriminação racial.

“No Brasil o preconceito aparece como um vírus. Ele vai mudando de forma o tempo todo e as pessoas vão criando ‘vacinas’ que se encaixam em cada uma dessas formas. Mas o resultado é sempre o mesmo: a depreciação, o desejo de acabar com a autoestima da pessoa. Vou orientá-lo (o filho, João Vicente) a tentar escapar dessas armadilhas”, reflete ela. 

Casada com o ator Lázaro Ramos, a atriz revela algumas inseguranças com o filho de 2 anos.

“O pior da maternidade é ver sua impotência. Ver que não dá para se sentir uma leoa diante de sua cria, que não dá para livrar seu filho dos males. E isso também nem é bom, porque ele precisa aprender a se virar”, diz.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia