Por karilayn.areias
Em 2011, Mel Gibson firmou um acordo com a justiça americana após confessar ter agredido sua ex-mulher, Oksana GrigorievaReprodução Internet

Rio - Mel Gibson pode ter uma acusação de lesão corporal apagada de sua ficha policial, informou o site "TMZ". Segundo a publicação, os advogados de Mel - que foi acusado de lesão corporal por agredir sua ex-mulher, Oksana Grigorieva, com um tapa na boca - enviaram documentos legais pedindo a um juiz que expurgue a carta de não contestação que consta em sua ficha. A audiência está marcada para o final deste mês.

De acordo com a documentação apresentada por seus advogados, Gibson cumpriu com a todos os requisitos estabelecidos por um juiz após aceitar um acordo em março de 2011. Entre as solicitações estavam 16 horas de trabalho comunitário, 52 semanas de aconselhamento e três anos de condicional, que acabou em março. Também foi recomendado que ele mantivesse um contato pacífico com Oksana.

Em 2010, a separação de Mel e Oksana virou notícia quando o ex-casal brigou na Justiça para acertar o valor da pensão da filha, Lucia. Depois do episódio de agressão, Mel foi proibido de se aproximar da ex-mulher.

Na época em que o caso foi investigado, Gibson chegou a confessar a agressão. "Eu dei um tapa em Oksana uma vez com a mão aberta numa tentativa de trazê-la de volta para a realidade", disse. Após muita polêmica, Oksana chegou a ser investiga pela polícia sob suspeita de extorsão.


Você pode gostar