Rafinha Bastos aproveita desafio do balde de gelo para fazer crítica ao governo

'Eu moro em São Paulo e na minha casa não tem água', dispara apresentador, que desafiou políticos na campanha do bem

Por karilayn.areias

Rio - Rafinha Bastos entrou no clima do desafio do balde de gelo, mas deu um tom diferente à campanha em prol dos pacientes com ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica). Depois de afirmar que o desafio estava aceito, o apresentador aparece no vídeo publicado em seu Instagram com um balde de gelo e desafiando Fernando Haddad, prefeito da cidade São Paulo; Geraldo Alckmin, governador do Estado; e a presidenta Dilma Rousseff.

Rafinha Bastos crítica o governo por causa de falta de água em São PauloReprodução Internet

Os nomes citados foram para reforçar uma crítica ao governo, relembrando que São Paulo está sofrendo com a falta de água. “Fui chamado no desafio do balde com gelo, então agora quero chamar o Haddad, o Alckmin e a presidenta Dilma”. Após uma contagem regressiva, Rafinha virou um balde vazio e disparou: “Não tem nada, porque eu moro em São Paulo e na minha casa não tem água”.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia