Marília Gabriela critica paparazzo que fotografou seu filho com outro homem

'Foi uma foto roubada', disse a apresentadora sobre imagem de Theodoro Cochrane no Carnaval de Salvador

Por tabata.uchoa

Rio - Marília Gabriela comentou sobre a foto de seu filho beijando outro homem no carnaval deste ano no programa "Roda Viva", da TV Cultura, na noite desta segunda-feira. "Eu tive um programa de sexo no SBT. Eu esperava que ele fosse produtivo. Entrevistei pessoas com diversas orientações sexuais, ali elas poderiam expor preconceitos que enfrentam e que contassem do cotidiano. Eu queria que as pessoas percebessem que sexo é natural. No meu programa, essas pessoas eram convidadas e falavam sobre o assunto de forma voluntária", ela explicou.

Segundo a entrevistadora, o caso foi uma invasão de privacidade: "Acho deselegante, no entanto, expor pessoas que não querem falar sobre isso ou se expor publicamente. Aquela foi uma foto roubada. Aquilo foi um encontro rápido que se deu na rua, foi uma foto roubada de uma intimidade nunca exposta por vontade da pessoa focalizada".

Marília Gabriela e o filho, Theodoro Cochrane Francisco Cepeda / Ag. News


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia