Cantor alega ter sofrido assédio sexual em aeroporto dos EUA

Em desabafo divulgado na Internet, Morrissey afirma ter sido apalpado por funcionário durante embarque em São Francisco

Por roberta.campos

Estados Unidos - O cantor Morrissey fez um desabafo na Internet nesta quarta-feira, contando ter sofrido assédio sexual no aeroporto de São Francisco, nos Estados Unidos, na última segunda-feira.

Segundo o relato, o britânico teve suas partes íntimas apalpadas por um funcionário do aeroporto logo após passar pelo detector de metais. "Antes que eu pudesse pegar meus pertences, fui parado por um funcionário que ficou na minha frente e pegou em meu pênis e meus testículos", disse o ex-vocalista do "The Smiths".

Morrissey afirmou ter sofrido assédio sexual em um aeroportoReprodução Internet

Ele ainda conta que estava acompanhado por funcionários da British Airways, empresa com a qual viajaria para Londres, e foi incentivado por eles a prestar uma queixa. Apesar disso, o cantor disse que o funcionário negou que tenha havido assédio.

"Ele sabia que poderia ser confrontado, mas nunca seria desafiado, apesar do incidente provavelmente ter sido registrado por câmeras", disse.

Morrissey esteve em turnê nos Estados Unidos durante os meses de junho e julho. De acordo com o site "True To You", mantido por fãs e onde o cantor publicou o desabafo, ele vem à América Latina em novembro, com passagem pelo Brasil.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia