Maria Casadevall sobre aborto: 'Absolutamente a favor, faria se precisasse'

Em entrevista à revista, atriz falou sobre a vida pessoal e a carreira: 'Tenho um lado masculino, e gosto dele'

Por karilayn.areias

Rio - Maria Casadevall falou sobre tudo e mais um pouco em entrevista à edição deste mês da revista "Tpm". Sem papas na língua, a atriz de 28 anos não proibiu nenhum assunto, inclusive os polêmicos. Questionada sobre a descriminaluização do aborto, ela cravou: "Absolutamente a favor. Nunca fiz um, mas faria se precisasse". 

Sem assuntos proibidos%2C Maria Casadevall não se esquiva de nada%3A 'Toda catalogação me irrita'Divulgação

No início do ano, terminou o namoro entre a atriz e Caio Castro, iniciado em 2013. Maria diz que prefere compromisso sério a só "ficar" por aí. "Sempre tive relacionamentos longos. Relações êfemeras não são pra mim." E ela não vê a obrigatoriedade de uma relação a dois. "Não acredito [em monogamia] enquanto regra. Na verdade, não acredito em nada que seja forçado. Se estou exclusivamente com alguém é porque eu quero".

A atriz também falou sobre o papel da mulher na sociedade. "Essa coisa de desempenhar um papel me incomoda desde criança. Toda catalogação me irrita. Vou na contramão de tudo que se espera de uma mulher. Odeio shopping, odeio salto alto, odeio falar ao telefone, não planejo casamento. Tenho um lado masculino, e gosto dele", disse. 

Ser ou não ser

Maria Casadevall diz que não teve muito escolha quanto a ser atriz. "A profissão de atriz foi se estabelecendo na minha vida, eu não a escolhi. Ela foi tão avassaladora que me tomou". E admite a preferência pelo teatro. "Foi onde eu me entendi. Mas é importante dizer que é possível fazer coisas muito legais na TV".

A atriz ainda revelou um incômodo com a fama. "Se eu pudesse ser atriz e não ser reconhecida nas ruas, seria o mundo ideal. Alguns encontros com fãs, os de olho no olho, são verdadeiras trocas e só esses me interessam. Não me interessa ser essa pessoa pública da selfie."

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia