Ex-Miss Bumbum passa para Medicina e dispara: 'Meses sem álcool e sexo'

Érika Canela contou que seguiu a promessa à risca

Por MH

Érika Canela
Érika Canela -
Rio - Ganhadora do Miss Bumbum 2016, Érika Canela viralizou nas redes sociais durante essa semana por um motivo que não tem nada a ver com suas curvas. A modelo, que passou para Medicina, contou o blog do Chico Barney, do "Portal UOL", que fez duas promessas inusitadas. 
"Sou bem rigorosa com votos. Foram 8 meses sem álcool e sexo", admitiu. Canela ainda falou sobre sua "situação" depois da aprovação. "Ainda não saí das duas secas. Estou praticamente virgem", contou. 
A modelo, que estudará em Dracena, município do interior de São Paulo, contou que ainda não sabe ao certo qual especialidade seguir. "Olha, eu pretendo ser psiquiatra ou cirurgiã. Mas posso mudar de ideia. Meus irmãos entraram querendo uma especialidade e depois escolheram outras. Creio que tudo o que eu escolher Deus estará com suas mãos sobre mim. Isso é o mais importante", afirmou.
Érika Canela viralizou antes do Carnaval por ter recebido uma "recomendação" do vice-presidente da Unidos de Vila Maria. Na época, Valter Belo pediu que a musa desistisse de desfilar na avenida por causa de uma tatuagem que fez em homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). 
Há alguns anos, ela também ficou conhecida por tatuar o rosto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Ao blog do Chico Barney, a ex-Miss Bumbum revelou que sua afeição pelo milionário está intacta: "Eu admiro muito o Trump, ainda mais agora com ele apoiando o nosso presidente Jair Bolsonaro. Acho que eles têm personalidades próprias e regem o país com caráter e honestidade".