Dinho Ouro Preto para de tomar Rivotril: 'Agora estou limpo'

Cantor também largou as drogas

Por iG

Dinho Ouro Preto
Dinho Ouro Preto -

São Paulo - Recentemente, Dinho Ouro Preto se curou da Covid-19. Ele foi um dos primeiros infectados pelo novo coronavírus no Brasil e seguiu um tratamento domiciliar. Por mais que o processo para se curar da doença tenha deixado o músico do Capital Inicial bem desgastado, ele teve uma vitória durante esse isolamento: conseguiu largar o Rivotril.

Galeria de Fotos

Dinho Ouro Preto foi infectado pelo coronavírus e está em isolamento. Ele posta selfies no Instagram e conta como estão sendo os dias Reprodução/Instagram
Dinho Ouro Preto Divulgação
Dinho: "Gosto de sair da zona de conforto" Bruno Fioravanti
Dinho Ouro Preto se apresenta no palco da Rock District GRACA PAES
Dinho Ouro Preto se apresenta no palco da Rock District GRACA PAES
Dinho Ouro Preto se apresenta no palco da Rock District GRACA PAES
Dinho Ouro Preto se apresenta no palco da Rock District GRACA PAES
Dinho Ouro Preto se apresenta no palco da Rock District GRACA PAES
Dinho Ouro Preto se apresenta no palco da Rock District GRACA PAES
Dinho Ouro Preto Reprodução Instagram
31/05/2016 - AGÊNCIA DE NOTICIAS - PARCEIRO - Com mais de 35 anos de estrada, o Capital Inicial se apresenta, nesta sexta-feira(31), no palco do Vivo Rio na Zona Sul do Rio de Janeiro. Foto: Onofre Veras/Parceiro/Agência O Dia Onofre Veras/Parceiro/Agência O Dia
31/05/2016 - AGÊNCIA DE NOTICIAS - PARCEIRO - Com mais de 35 anos de estrada, o Capital Inicial se apresenta, nesta sexta-feira(31), no palco do Vivo Rio na Zona Sul do Rio de Janeiro. Foto: Onofre Veras/Parceiro/Agência O Dia Onofre Veras/Parceiro/Agência O Dia
Dinho Ouro Preto rebate seguidor que disse que ele está ficando velho Reprodução Internet

"Deixei para trás a cocaína há quinze anos, parei com o cigarro há dez e estou sem beber há três. E sabe o que mais? Vai parecer maluquice, mas estou há três semanas sem tomar Rivotril. Um hábito horrível que adquiri durante as rotinas insanas de viagens sem dormir. A Covid-19 me ajudou nisso: só consegui me livrar quando parei minha rotina totalmente. Era a última substância que eu precisava largar. Agora posso dizer que estou limpo", contou Dinho em entrevista à revista Veja.

O músico relembrou a época que ainda enfrentava o vício com drogas ilícitas. Ele contou que durante aquele período chegou a atrasar gravações de videoclipes e shows, porque estava de ressaca ou com alguma substância no corpo. O roqueiro falou que foi procurar ajuda quando começou a ficar frustrado com a situação em que estava.

"O uso de drogas e bebidas alcoólicas comprometeram relacionamentos e a integridade do meu trabalho por muito tempo", contou. O vocalista do Capital Inicial também disse que queria mostrar para pessoas que estavam passando pela mesma coisa que as drogas podem acabar com a vida de alguém, mas é possível sair delas.

O isolamento por causa da Covid-19 pode ter ajudado Dinho a parar de consumir o tarja preta, mas ele lembra do quão desgastante foi esse período. O músico conta que tinha febre todos os dias e não conseguia fazer mais nada, além de ficar deitado na cama. No nono dia sentindo os sintomas, o artista começou a ter falta de ar. "uma sensação de estar me sufocando. Você tenta sugar o ar, mas ele não chega a seus órgãos. Parece um afogamento seco. Felizmente, tão rápido quanto apareceu, a infecção saiu do meu corpo. Só fiquei totalmente rouco por um bom tempo. Demorei mais de um mês para conseguir cantar", revelou.

Comentários