Gugu com os três filhos Sofia, Marina e João Augusto e Rose Miriam - Divulgação
Gugu com os três filhos Sofia, Marina e João Augusto e Rose MiriamDivulgação
Por ESTADÃO CONTEÚDO
São Paulo - Os advogados de Rose Miriam Di Matteo afirmam que têm um documento, em inglês, assinado por Augusto Liberato, no processo para o pedido de Green Card para toda a família, e que comprova que o casal tinha união estável. O apresentador sonhava em viver nos Estados Unidos com os filhos, longe dos holofotes. Para isso, entrou com processo para conseguir a documentação junto as autoridades americanas, de acordo com reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, neste domingo.

Galeria de Fotos

Rose Miriam comemora aniversário ao lado dos filhos Reprodução Internet
Rose Miriam posa com os filhos que teve com Gugu Liberato Reprodução Internet
Gugu Liberato, Rose Miriam e os três filhos Arquivo Pessoal/Rose Miriam
Rose Miriam e Gugu Arquivo pessoal/ Rose Miriam
Rose Miriam e Gugu Arquivo pessoal/ Rose Miriam
Gugu com os três filhos Sofia, Marina e João Augusto e Rose Miriam Divulgação
Uma das maneiras de conseguir o Green Card é um investimento nos Estados Unidos. Em 2016, pelas regras, o mínimo para esse investimento era US$ 500 mil, além da comprovação de origem da quantia. Na tradução juramentada e reconhecida em cartório, segundo os advogados de Rose, Gugu declara que tinha uma fortuna de mais de R$ 200 milhões e que teria doado parte do dinheiro para a mãe dos três filhos: "tenho uma companheira de muitos anos, Rose Miriam Souza Di Matteo, que é mãe de nossos três filhos: João, Marina e Sofia".

Em outro momento do pedido: "presenteei US$ 550 mil da minha conta para uso pessoal da minha companheira". O apresentador encerra a documentação dizendo: "declaro que o que acima exposto é verdadeiro e correto, tanto quanto é do meu conhecimento, sob pena de perjúrio".

Desde a morte de Gugu Liberato, em 2019, Rose Miriam Di Matteo pleiteia, na Justiça brasileira, o direito à herança. Esse novo documento deve ser analisado, no processo de reconhecimento de união estável.

Na leitura do testamento, o apresentador teria deixado a maior parte do dinheiro para os filhos, 75%, e o restante para os sobrinhos - sem mencionar o nome de Rose.