Influenciadora digital que lutava contra câncer morre após contrair covid-19

Ana Paula Rubini mostrava sua rotina nas redes sociais e tinha mais de 400 mil seguidores no TikTok

Por O Dia

Ana Paula Rubini
Ana Paula Rubini -
Rio - A influenciadora digital Ana Paula Rubini, de 30 anos, morreu vítima de covid-19 no último domingo. Ana Paula lutava contra um câncer e tinha mais de 131 mil seguidores no Instagram além dos mais de 400 mil no TikTok. 
Nas redes sociais, a influenciadora compartilhava seu dia a dia no hospital e também o seu tratamento contra o câncer. Ana Paula estava enfrentando, pela segunda vez, um linfoma. Ela foi diagnosticada com covid-19 no final de setembro.

Galeria de Fotos

Ana Paula Rubini Reprodução Internet
Ana Paula Rubini Reprodução Internet
Ana Paula e o sobrinho, Fábio Reprodução Internet
Em um dos vídeos que postou no TikTok, Ana Paula comentou o medo que tinha de pegar o novo coronavírus. "Morrendo de medo de pegar, acabei pegando. Me cuidei tanto. O vírus veio e apareceu. E eu estou grata de estar passando por tudo isso", disse. Há uma semana, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Ana Paula mostrou sinais de cansaço. 
"Vim pra cá porque não estava conseguindo respirar e com muita febre. Não consigo falar, desculpem, e olha o tanto de aparelho. Meu Deus é bom e vai dar tudo certo, orem por mim", disse em uma gravação.
"Nossa princesa descansou", informou o perfil oficial da influenciadora, onde os representantes de Ana Paula também postaram um vídeo com imagens dela, contando sua história.
Ana Paula Rubini descobriu um linfoma na região pélvica em 2013. No início deste ano, ela foi pega de surpresa com o diagnóstico de um novo linfoma, desta vez no órgão genital. Ana Paula deixa uma filha de 10 anos.

Comentários