Jair Bolsonaro - AE
Jair BolsonaroAE
Por O Dia
Famosos se manifestaram contra o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a privatização da saúde pública no Brasil.

Através da hashtag #DefendaoSUS, que está entre os assuntos mais comentados do Twitter, personalidades como Anitta, Bruno Gagliasso, Taís Araujo, Leandra Leal, Felipe Neto, Emicida e outros, se manifestaram sobre o assunto.

"O SUS salva vidas. Ele não", escreveu o cantor Emicida. O humorista Gregório Duvivier foi ainda mais crítico: "Ironia fo destino é o arrombado que levou uma facada e teve a vida salva pelo SUS querer privatizar o sistema e deixar o povo que não tem condições de se tratar em clínicas particulares entregue à própria sorte".

O decreto foi publicado no Diário Oficial na última terça-feira (27), assinado por Bolsonaro e o ministro da Economia Paulo Guedes. O objetivo é avaliar a possibilidade de permitir que a iniciativa privada tenha concessão das UBSs (Unidades Básicas de Saúde).
Publicidade