Giselle Itié - Reprodução
Giselle ItiéReprodução
Por IG - Gente
Em apoio a Dani Calabresa, que expôs o assédio que sofreu do então chefe Marcius Melhem, Giselle Itié resolveu desabafar. A atriz disse que foi "severamente assediada e amordaçada por um diretor da novela" quando tinha apenas 23 anos de idade e dava vida à sua primeira protagonista da carreira.
"Ate hoje sinto a dor de uma vítima silenciada", escreveu em postagem no Instagram. "Dito isso. Todo o meu Amor para as vítimas. Todo o meu amor", finalizou, utilizando ainda algumas hashtags, entre elas: #machistasnaopassarao, #mexeucomumamexeucomtodas, #basta, #precisamosfalardeabuso e #metoo.
Publicidade
Quando tinha 23 anos, em 2004, Giselle deu vida a Júlia Magnani na novela 'Começar de Novo', da Globo. Antes, a atriz já havia atuado em outros trabalhos, como 'Pícara Sonhadora', em 2001, no SBT, e 'Esperança', de 2002, também da emissora carioca. Recentemente, ela atuou em novelas da RecordTV, como 'Os Dez Mandamentos', e participou de trabalhos na TV Brasil e na Prime Box Brasil.
 
Publicidade