Angélica   - João Cotta / TV Globo
Angélica João Cotta / TV Globo
Por O Dia
Rio - Em meio ao início da campanha de vacinação contra a Covid-19, uma fake news surgiu com o nome de Angélica. A notícia, compartilhada através do Facebook, dizia que a apresentadora rejeitou a vacina, porque ela e sua família tem a 'imunidade alta'. A declaração teria sido dada pela esposa de Luciano Huck em entrevista à Jovem Pan. Porém, não há nenhum registro da suposta entrevista nos canais da rádio ou nas redes sociais dela.


A montagem apresenta uma foto de Angélica e os dizeres: "Angélica esposa do Huck foi entrevistada pela Jovem Pan. Ela disse que é a favor de todo povo brasileiro toma vacina da China o repórter perguntou se ela tem coragem de tomar a vacina ela disse que nem ela e nem a família dela precisa tomar vacina porque eles têm a imunidade alta".
Publicidade
Ao contrário do que diz a notícia que circula pelo Facebook, Angélica já deu indícios de que pretende se vacinar. No dia 14 de janeiro a apresentadora postou uma série de fotos com a legenda: "Da série 'eu quero a vacina'.
Já seu marido, Luciano Huck, apoiou à vacinação através do Twitter em 16 de janeiro. "Eu vou tomar a vacina, minha família vai tomar a vacina, recomendo que as pessoas tomem a vacina, e ponto final", escreveu o apresentador.