Empresa confirma que relançará MTV no Brasil

Canal que está no ar chega ao fim em 30 de setembro

Por tamyres.matos

Rio - Depois de muita especulação, a confirmação: a MTV Brasil como a conhecemos sairá mesmo do ar este ano, mais precisamente em 30 de setembro, quando chegará ao fim o contrato com a detentora da marca. Por este motivo, a Viacom enviou nesta segunda-feira um comunicado oficial confirmando que a emissora será relançada na TV paga.

Zico Goes%2C diretor de programação da MTV negou o fim do canal em entrevistaReprodução Internet

Leia a íntegra abaixo:

A Viacom International Media Networks (VIMN), uma divisão da Viacom Inc. (NASDAQ: VIAB,VIA), anuncia hoje o lançamento de sua marca global de entretenimento, a MTV, na plataforma brasileira de TV por assinatura, a qual cresce rapidamente, expandindo, assim, sua presença neste mercado. A MTV será o destino para a geração de Millennials brasileiros, oferecendo uma programação de alta qualidade e culturalmente relevante, que contará com mais de 350 horas de produções locais, além da programação global da MTV dublada em português. O novo canal da MTV, de propriedade integral e operacionalizado pela Viacom, estreará em outubro de 2013 nas principais operadoras de TV por assinatura do país.

A VIMN tem, atualmente, uma forte presença no Brasil com seus canais de TV já consagrados - Nickelodeon, VH1 e Comedy Central – além de suas inúmeras ofertas de mídia digital. Com o lançamento da MTV na pay TV, a VIMN e o Grupo Abril concordaram em desfazer seu acordo de licenciamento no Brasil.

“O Brasil é um mercado extremamente importante para a Viacom e estamos bem posicionados para conduzir a MTV a uma nova fase de crescimento, oferecendo um mix de nossos comprovados sucessos internacionais e programação local”, disse Bob Bakish, Presidente da VIMN. “Dado o crescimento de três dígitos do mercado de pay TV no Brasil nos últimos cinco anos, e o sucesso de nossos canais nesta plataforma, é o momento certo para lançarmos a MTV nomercado de pay TV”, acrescentou.

“Conhecemos profundamente os telespectadores da MTV, os Millennials, geração que mais cresce e uma das mais influentes no Brasil”, diz Sofia Ioannou, Diretora Geral da VIMN Américas. “Mudando a MTV para a pay TV, criamos uma oportunidade única na qual aproveitaremos o expertise dessa audiência, penetração de mercado, relacionamentos locais e relevância para apresentar um canal envolvente para nosso público e parceiros”, acrescentou.

A MTV produzirá mais de 350 horas de programação local, incluindo formatos diários, realities, sitcoms, esportes radicais e séries de animação. O novo canal também apresentará formatos de sucesso do portfólio de conteúdo da Viacom internacional com versões locais de “WorldStage”, “Guy Code” e “Pranked”, além do melhor do conteúdo global da MTV dublado em português (“Teen Mom”, “Young & Married” e “Awkward”).”

A equipe da nova emissora já começou a ser montada. Um dos executivos contratados para o canal é Tiago Worcman, que trabalhava no GNT até pouco tempo. Já na atual MTV Brasil, a equipe é formada apenas por profissionais freelancers e pessoas jurídicas. Todos serão dispensados a partir de outubro. Principal evento da programacão, o VMB não será realizado.

As informações são do colunista Fernando Oliveira, do iG

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia