Por helio.almeida
Leila pode ficar palalíticaDivulgação

Rio - As maldades de Leila (Fernanda Machado) estão com os dias contados. Na sequência de ‘Amor à Vida’, a partir do dia 13, a vilã cairá da escadaria da mansão de Nicole (Marina Ruy Barbosa) e será levada para o hospital San Magno em estado de choque.

Tudo acontece quando ela acorda, procura por Thales (Ricardo Tozzi) e o encontra no antigo quarto de Nicole (Marina Ruy Barbosa). O rapaz explica que foi pedir perdão à jovem e Leila encerra o papo: “Você precisa voltar a fazer terapia, ou tomar remédios, o que preferir. Alguma coisa você tem que fazer. Vamos sair desse quarto, ficar aqui não te faz bem. Não fale mais na Nicole vestida de noiva!”

No dia seguinte, ao descer a escada, a malvada vê um vestido de noiva igual ao da morta estendido no sofá. Grita o nome de Nicole, se desequilibra, rola a escadaria e fica caída no chão. No hospital, é examinada por Lutero (Ary Fontoura) e é constatado que ela fraturou duas vértebras, teve lesão na coluna e tem que ser operada. Thales pergunta se a amante pode ficar paralítica, o médico diz que espera que não e adianta que o período de recuperação é longo e doloroso. O escritor agradece, já que sabe que Lutero não tem simpatia por Leila. Lutero dispara: “Sou médico. Não nego tratamento a ninguém”.

Mesmo entrevada, Leila não perde a pose. Trata mal o enfermeiro, a médica e até o pai, Amadeu (Genézio de Barros), que fica a seu lado. Quando Thales agradece, ela diz: “Preferia ter ficado sozinha a ter que olhar pra essa sua cara de ferrado”. Amadeu retruca: “Posso não ter dinheiro, mas tenho orgulho de ter tido uma vida decente. Nunca enganei ou quis me aproveitar de ninguém. Pena que não posso dizer o mesmo da minha própria filha”.

Você pode gostar