Por daniela.lima

Rio - Se a primeira temporada de ‘Pé na Cova’ surpreendeu com personagens excêntricos e situações escabrosas, as novas histórias da família que é dona de uma funerária no Irajá prometem ainda mais confusão, humor e polêmica. Na segunda temporada da série, que estreia dia 1º de outubro, o casal Odete Roitman (Luma Costa) e Tamanco (Mart’nália) passa a morar junto na oficina e adota uma criança, Sermancino (Gabriel Lima), um menino que perambulava pelas ruas do bairro. 

Em nova temporada de 'Pé na Cova'%2C casal gay adota criançaAg.News


“Sem querer levantar bandeira, eu acabo levantando. Tamanco e Odete adotam um menino, e o Ruço acaba se apegando a ele”, diz Miguel Falabella, autor do seriado e intérprete de Ruço, o dono da funerária F.U.I.

A chegada de Sermancino mexe com as emoções da stripper virtual, filha de Ruço e Darlene (Marília Pêra). “Com o menino, ela mostra um lado maternal, fica mais calma. Ela tem um carinho especial por ele”, conta Luma, que percebeu o apoio do público ao casal de lésbicas. “Vamos falar de dois assuntos importantes: a adoção e a adoção por casais gays. Mas tudo com bom humor”.

Outra novidade na trama é a entrada de Clecio (Magno Bandarz), um mecânico que Ruço vai acolher em sua casa. O rapaz vai se apaixonar por Abigail (Lorena Comparato), que teve um filho do dono da funerária, o bebê Neymã. A nova temporada será exibida às terça-feiras, logo após ‘Tapas & Beijos’.

Você pode gostar