'A Teia': Baroni dá prova de amor e queima passaporte

Celeste tem um ataque de ciúme, mostrando a Baroni que encontrou os passaportes falsos que ele mandou fazer para Letícia

Por daniela.lima

Rio - Entre idas e vindas no tempo, o terceiro episódio da série ‘A Teia’ começa com um acidente em 2010, em Capanema, no interior do Paraná. O bando de Baroni (Paulo Vilhena), Miltinho (Gabriel Manita) e Oliveira (Mario Bortolotto) leva caixas de munição escondidas no meio de uma carga de galinhas. Só que o caminhão deles vira na estrada, e a polícia acha o contrabando espalhado na pista quando chega para socorrê-los. No ar hoje, a partir das 23h35, na Globo. 

Celeste (Andreia Horta) e Baroni (Paulo Vilhena): crise de ciúme por causa do passaporte da ex-mulher do bandidoDivulgação


Após o flagrante no meio da estrada, a história volta a 2013, em Brasília. Celeste (Andreia Horta) tem um ataque de ciúme, mostrando a Baroni que encontrou os passaportes falsos que ele mandou fazer para Letícia (Arieta Correa), sua ex-mulher. Como ‘prova de amor’ e confiança, ele queima os documentos na frente de Celeste, mas exige que ela nunca mais atenda as ligações do ex-marido. Enquanto isso, Macedo (João Miguel) avança nas suas investigações.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia