'SuperStar' estreia com falhas e recebe avalanche de críticas nas redes sociais

Novo reality show da Globo usa tecnologia em telefone celular para as votações, mas não funcionou em seu primeiro dia

Por karilayn.areias

Rio - O programa é dinâmico, gostoso de assistir e Fernanda Lima e André Marques combinam na apresentação, mas o protagonista da estreia de "SuperStar" foi o aplicativo de celular usado para computar os votos do público. A tecnologia não funcionou corretamente e provocou uma série de críticas nas redes sociais, inclusive de famosos.

"Alô TV Globo, não conseguimos votar #SuperStar. Congestionado!!! Melhora esse esquema aí pô", escreveu Carlinhos de Jesus, que continuou esbravejando: "Piada né! Votar como? Tela congela e aviso "servidores congestionados! Alô TV Globo o que é isso!!! Melhorar a capacidade aí, oh!".

'SuperStar' vai escolher a melhor bandaReprodução

No novo reality show musical da Globo, as bandas se apresentam e os telespectadores escolhem sua preferida por um aplicativo de celular, que foi amplamente divulgado durante a semana na programação da emissora. Mas na hora da atração, a tecnologia falhou.

O aplicativo travava já ao iniciar e, minutos depois, o recado era "tempo esgotado". Quem conseguiu abrir, demorou tanto que não pode votar na banda preferida pois o período para aquele voto já havia acabado.

"O aplicativo do Superstar não foi com a minha cara. Apaguei, baixei de novo e necas de pitibiribas", escreveu Leo Jaime.

Adriane Galisteu também reclamou: "As bandas estão sendo prejudicadas pelo aplicativo. Ou resolvam urgente ou fecham as portas. O estagiário que desenvolveu o app do #SuperStar nem precisa aparecer na Globo."

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia