Lázaro Ramos dá beijão em Taís Araújo durante premiação

'Nunca um casal de verdade se beijou neste palco', disparou o ator durante apresentação da festa do 'Prêmio Contigo!'

Por daniela.lima

Rio - Mateus Solano entrou no clima da festa do Prêmio Contigo! De Televisão, segunda-feira, no Copacabana Palace, e quebrou um tabu. Ao receber o troféu de melhor ator de novela pelo Félix, de ‘Amor à Vida’, deu um selinho em Thiago Fragoso, o Carneirinho, seu parceiro na trama de Walcyr Carrasco. Thiago também foi eleito melhor ator coadjuvante.

Lázaro Ramos deu um beijão na esposa%2C e Taís Araújo%2C no palco da premiaçãoAg. News


Taís Araújo e Lázaro Ramos — que substituíram, depois de oito anos, Luiz Fernando Guimarães e Fernanda Torres como mestres de cerimônia do evento — também quebraram um tabu, dando um beijão na frente de todo mundo. Lázaro ainda brincou: “Nunca um casal de verdade se beijou neste palco”. Bem-humorados, elogiaram os colegas. Taís brincou: “Eu pegava o Marcos Caruso fácil.” Lázaro completou: “Eu também pegava a Eliane Giardini fácil.”

Tatá Werneck, premiada como atriz revelação, levou o público às gargalhadas. Ao receber o prêmio das mãos de Juliana Paiva, sugeriu que dessem um beijo na boca. Juliana escapou: “Sou tímida.” Tatá agradeceu ao autor Walcyr Carrasco pela oportunidade de fazer Valdirene, ao diretor Mauro Mendonça Filho e aos colegas de cena, como Elizabeth Savalla (melhor atriz coadjuvante por sua Márcia, em ‘Amor à Vida’): “Nós somos do mesmo planeta!” Savalla não compareceu porque está em São Paulo com um projeto de teatro, mas foi representada pelos filhos Thiago e Diogo Picchi. Houve empate no troféu de melhor atriz de série: Dira Paes e Fernanda Montenegro — a primeira por ‘Amores Roubados’ e a segunda por ‘Doce de Mãe’. Dira ainda levou o trofeú de Mulher Extraordinária. Ao receber a estatueta de melhor ator de série por ‘Amores Roubados’, Cauã Reymond dedicou o título à filha, Sofia, e ao avô Carlos, que morreu no ano passado. 

Thiago Fragoso e Mateus Solano se beijam em premiação no RioAg. News


A turminha de atores -mirins foi representada por Mel Maia e Tomás Sampaio — melhor atriz e ator infantil — que junto com Vitor Figueiredo, Anna Livya Padilha, Geytsa Garcia e JP Rufino, reinvindicavam em uma rodinha: “Queremos uma sala para nós, os atores mirins no Projac!” Nathália Timberg foi a homenageada da noite. José Wilker e Paulo Goulart, que morreram este ano, foram lembrados pelo legado artístico.

Entre as beldades que desfilaram elegância pelo Golden Room do Copacabana Palace chamavam a atenção Adriana Birolli, com decote ousado e sem sutiã; Giovanna Ewbank, com modelito rendado transparente; Deborah Secco, de longo preto com um ombro só e uma certa transparência, e Vanessa Giácomo, de vestido tomara que caia — ela ganhou prêmio de melhor atriz de novela por ‘Amor à Vida — acompanhada do namorado, o empresário Giuseppe Dioguardi. Entre os que prestigiaram, Chay Suede, Bruna Linzmeyer e o marido, Michel Melamed, Heloísa Périssé, Luiza Brunet e Tainá Müller, Marcos Pasquim, Rafael Zulu, Duda Nagle e a mulher, Gabriela Gomes, José Luis Villamarim, Walter Carvalho e os novelistas Carlos Gregório e Marcos Bernstein.

Também foram premiados Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, como melhores autores de novela por ‘Sangue Bom’; melhor novela ‘Amor à Vida’; Luiz Fernando Carvalho, melhor diretor de novela por ‘Meu Pedacinho de Chão’, e ‘Amores Roubados’, melhor série.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia