Em homenagem, Cid Moreira e Sérgio Chapelin voltam à bancada do 'JN'

Dupla icônica de âncoras reassumiu o posto nesta sexta-feira, em comemoração aos 50 anos da TV Globo

Por roberta.campos

Rio - Cid Moreira e Sérgio Chapelin fizeram um retorno simbólico ao "Jornal Nacional" na noite desta sexta-feira. Os dois âncoras, que estiveram à frente do noticiário até 1996, foram homenageados pela emissora e "substituíram" por alguns minutos os apresentadores atuais, William Bonner e Renata Vasconcellos.

Globo surpreende e homenageia Xuxa e Silvio Santos em festa de 50 anos

Cid Moreira e Sérgio Chapelin fizeram retorno simbólico à bancada do 'JN' nesta sexta-feiraReprodução

"Eu tive a honra de inaugurar o 'JN', ao lado do colega Hilton Gomes, em 1969. E estive aqui nos primeiros 27 anos. Foi um período de construção do jornalismo da Globo", relatou Cid Moreira. "Eu tenho mais de 40 anos no jornalismo da Globo, quase a metade desse tempo, aqui, no 'Jornal Nacional'. O Cid e eu temos todos os motivos para sentir orgulho por esses 50 anos [de TV Globo]. Estar nessa bancada, todos esses anos, vivendo esse processo desafiador de levar os fatos a todos os telespectadores foi algo que é e sempre será inesquecível", disse Chapelin.

Bonner ressaltou a felicidade que sentiu por ter trabalhado ao lado dos dois profissionais. "Eu os conheço já há alguns anos. O primeiro foi o Sérgio. Eu tive a felicidade de trabalhar com ele no 'Fantástico' em 1988, e ele me acolheu de uma maneira tão carinhosa que virou referência para mim", discursou William Bonner. "E o Cid, um belo dia, quando o vi de perfil [na bancada], pensei: 'meu Deus, o que estou fazendo aqui?' Então, o que estou fazendo aqui, hoje, é agradecer muito a vocês", completou.

Ex e atuais âncoras do 'JN' posam juntos para fotoDivulgação

Nas redes sociais, famosos e anônimos comentaram a homenagem feita pelo "JN" a Cid Moreira e Sérgio Chapelin.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia